LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Marcha da Família contra o aborto no Vicentina Aranha

Compartilhe a Life Informa:

Manifestação pacífica reúne famílias, líderes religiosos, profissionais de saúde e esportistas em defesa da vida em São José dos Campos

Marcha da Família contra o aborto no Vicentina Aranha
Marcha da Família contra o aborto no Vicentina Aranha

A frente do Parque Vicentina Aranha em São José dos Campos foi palco de uma manifestação pacífica e emocionada contra a legalização do aborto no domingo (23). A Marcha da Família Contra o Aborto, evento que acontece em diversas cidades do Brasil, reuniu centenas de pessoas em um ato de fé, solidariedade e defesa da vida.

Fique por dentro de tudo o que acontece em São José dos Campos e região em nosso portal informa.life. Para ter a notícia mais rápida, junte-se ao nosso canal do WhatsApp ou aos nossos grupos de avisos rápidos.


Fique por dentro de tudo o que acontece em São José dos Campos e região em nosso portal informa.life. Para ter a notícia mais rápida, junte-se ao nosso canal do WhatsApp ou aos nossos grupos de avisos rápidos.

A marcha teve início com um casal à frente, acompanhado de uma criança e segurando uma faixa que simbolizava a proteção à vida desde a concepção. Em seguida, um carro de som exibindo faixas do movimento “Brasil Sem Aborto” liderava a caminhada, seguido pelo primeiro pelotão formado por crianças e seus responsáveis. Atrás deles, os legendários portavam uma grande bandeira do Brasil, destacando o patriotismo e a união pela causa.


O segundo carro de som trouxe uma atmosfera de espiritualidade e reflexão, recitando textos bíblicos e amplificando as vozes de líderes e convidados que se pronunciaram sobre o tema. Diversas personalidades e profissionais se revezaram ao microfone, compartilhando suas perspectivas e experiências sobre o aborto:

Pastor Marco Alfredo da Igreja Batista Renovada do Morumbi destacou os princípios religiosos e a importância de proteger a vida como um dom divino. Alex, coordenador do movimento Marcha da Família no estado de São Paulo, conclamou a sociedade a se unir em defesa dos direitos dos nascituros e a promover políticas públicas que apoiem as gestantes.

O evento seguiu com o terceiro pelotão, composto por diversas famílias e indivíduos de todas as idades, demonstrando que a causa transcende barreiras sociais e etárias. A marcha foi marcada pela paz e pelo respeito, com momentos de oração e cânticos que ecoavam pelo parque, criando um ambiente de comunhão e esperança.

A Marcha da Família Contra o Aborto em São José dos Campos refletiu a crescente mobilização da sociedade brasileira em temas sensíveis e fundamentais. O evento não apenas levantou a bandeira da vida, mas também provocou uma profunda reflexão sobre os valores e princípios que regem a nossa sociedade.

A manifestação em São José dos Campos foi apenas uma das muitas que ocorreram no país, reforçando a necessidade de um debate amplo, inclusivo e respeitoso sobre o aborto. A Marcha da Família Contra o Aborto segue como um símbolo de resistência e compromisso com a vida, inspirando milhares de brasileiros a se envolverem e se posicionarem em defesa dos mais vulneráveis.

Veja também

Jovem de 22 anos é preso por extorsão a vítimas homoafetivas

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos e Vale do Paraíba – SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre em nossos canais e facilite sua comunicação!
Para entrar no grupo Whatsapp: clique aqui
Nosso Novo Canal Whatsapp: clique aqui
Para entrar no canal Telegram: clique aqui 
Para seguir pelo Instagram: clique aqui
Para entrar no canal no YouTube: clique aqui
Denúncias, reclamações e informações:
Nossa redação 12 98187-2658

11 Respostas

    1. Depois que virar criança a mãe que se vire para cuidar. O estado mínimo não vai ajudar. Creche não têm vaga . Se a mãe precisar trabalhar e deixar a criança com algum parente, segundo estatísticas, é aí que acontecem os estupros de vulneráveis – dentro de casa. Escola , esqueça, está sendo sucateada pelo governador joseense. Se a mãe, mesmo assim tiver de trabalhar e a criança ficar a mercê do tráfico, a própria sociedade pede a sua prisão sem pestanejar. Na prisão -“escola do crime” se tornará um criminoso profissional, e essa mesma sociedade que é a favor da vida estará pedindo PENA DE MORTE para todos os presos.

  1. Se é patriotismo e união, como menciona a matéria, quando este mesmo grupo vai organizar marchas para conscientizar a sociedade que tem que mudar nosso ultrapassado código penal, acabar com esta imoralidade de fundo eleitoral, acabar com as mordomias de nossos políticos, diminuir o número de vereadores, deputados e senadores, acabar com foro privilegiado, criminalizar as fake news, não privatizar as nossas praias, etc…
    Também não são temas sensíveis e fundamentais?
    Também não provocam uma profunda reflexão sobre os valores e princípios que regem a nossa sociedade.
    Não existe a necessidade de um debate amplo, inclusivo e respeitoso sobre todos estes temas?
    Também não são temas importantes como um símbolo de resistência e compromisso com a vida?
    Existe a necessidade de inspirar milhares de brasileiros a se envolverem e se posicionarem em defesa de um Brasil mais justo, mas de uma forma muito mais ampla, senão fica a impressão de campanha política…

  2. É muito engraçado como alguns aqui distorcem a PL do estuprador. Ninguém, no Brasil, está querendo legalizar o aborto.
    Por favor, leiam a PL, ela só está relacionada com os abortos que já são legais desde 1941. São 3 as possibilidades: (1) para salvar a vida da mulher; (2) quando a gestação é resultante de um estupro ou (3) se o feto for anencefálico.
    Gostaria de saber que pai e mãe de filha estuprada vai gostar de ver sua filha grávida de um feto até o término da gestação.
    Quando vejo falsos pastores usando Rolex e políticos ricos querendo punir a mulher, a filha dos outros, pergunto: E se fosse a sua filha? E se fosse a sua mulher?

  3. Vão lavar roupa bando de vagabundo ao invés de cuidar da política, o povo sabe o que está fazendo, vão procurar o que fazer bando de vagabundo, vão cuidar das crianças abandonadas bando de gente desocupada e ridículas, quero ver se o pião socar o ferro no rabo de vocês se vocês vão querer criar o Zezinho, depois que o Zezinho crescer vai socar o ferro em vc denovo se não socar a mão na sua cara ou se não te matar,, vai bando de idiota, cuidar da vida dos outros e não cuida da de vcs não, faltando roupa no tanque pra lavar e rua pra varrer pra vocês aí da manifestacao

  4. Eu vou na marcha da maconha, na do aborto não vou não. Boa sorte, se alguém aí da marcha quiser criar meus filhos tô aceitando ajuda, cidade de São José só tem grana políticos a população e falida e quebrada, aceito ajuda, tenho 7 e já tô praticando pra fazer mais 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Nosso e-mail: contato@informa.life | 12 98187-2658
Life Informa | São José dos Campos – SP
Avenida Cassiano Ricardo, 601 / Sala 123
Edifício The One – Jardim Aquarius
São José dos Campos – SP – CEP 12.246-870