Projeto de lei dos vereadores do PT quer proibir nome de condenado por crime em vias públicas de São José

Se aprovado, proibição valerá também para agentes do Estado com crimes reconhecidos pela Comissão da Verdade

 

Foto: PMSJC 

Tramita na Câmara o projeto de lei 345/19 que pretende vedar denominação de área pública em homenagem a condenado por crime, alterando para isso a lei 6.015/2002 que “dispõe sobre a denominação de próprios públicos, avenidas, ruas, praças, alamedas e demais logradouros do município”. Os autores da proposta são os vereadores do PT Wagner Balieiro, Amélia Naomi e Juliana Fraga.

O texto veda a denominação de vias e prédios públicos com nome de pessoa que tenha contra si decisão judicial (transitada em julgado, isto é, definitiva, sem possibilidade de recurso) condenatória pelos crimes: contra a economia popular, a fé pública, a fazenda pública, a administração pública e o patrimônio público; contra o patrimônio privado, o sistema financeiro, o mercado de capitais e os previstos na Lei que regula a falência; de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores; de tortura e violação dos direitos humanos; de exploração do trabalho escravo ou infantil; contra a vida, a dignidade e atividade que envolva exploração sexual; de discriminação étnico-racial; contra o meio ambiente e a saúde pública; dos que forem declarados indignos do oficialato, ou com ele incompatíveis; de maus tratos aos animais.

A proibição aplica-se também aos nomes de agentes do Estado assim reconhecidos no Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade (lei federal 12.528/2011).

Os autores alegam que a denominação de locais públicos, que fazem parte do cotidiano dos munícipes, é uma homenagem e a lei não define vedações quanto a violações da dignidade humana. “O objetivo de estabelecer critérios é dar efetividade ao princípio constitucional da moralidade. Ao render homenagens a pessoas reconhecidas como violadoras de direitos humanos passa-se a mensagem de que violar tais direitos não macula a biografia do homenageado, quando deve ser exatamente o oposto”, justificam.

O projeto foi lido na 65ª sessão, em outubro, e recebeu parecer favorável da comissão de Justiça e Redação, estando apto para inclusão na pauta das sessões, sem prazo.

 

LIFE | cotidiano - Publicado 10:55 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Projeto de lei dos vereadores do PT quer proibir nome de condenado por crime em vias públicas de São José

  1. Mauricio Rozado disse:

    Só transitado e julgado? Tolinhos, o molusco ainda pode ? Fala sério!!!!

  2. Rodrigo Nogueira disse:

    Olha pra que pagamos nossos impostos..ainda bem que só temos 3 pragas dos 21 do PT na Câmara..ano que vem vamos trocar esses 3 e os outros pelo Partido Novo…comparem os projetos do legislativo do Novo em qualquer lugar e comprove vc mesmo eleitor.

  3. Cybelle disse:

    Ótimo! Não teremos uma rua chamada Lula! Que projeto importante! Todos os nossos problemas relacionados à saúde, educação e segurança estão resolvidos!

  4. Wilson Nogueira disse:

    E cada ” edil ” custa duzentos e cinquenta mil reais por mês para a sociedade joseense.
    Dúvidas???
    Dividam o orçamento de R$ 64.000.000,00 por 21 nobres vereadores….
    Prá discutirem isso???
    Aliás o objetivo desse ” projeto”: é tentar barrar o nome do Romeu Tuma numa obra pública.
    O Romeu Tuma foi senador da República e não teve ” condenação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *