Com previsão para março, ponte estaiada provoca nova alteração em dois trechos no trânsito para desmontagem das estruturas

Alterações começam no dia 28 deste mês e seguem até 8 de fevereiro

Foto: PMSJC

Já habituado com as frequentes alterações no trânsito causadas pelas obras da ponte estaiada, o motorista joseense passará por novas adaptações a partir do próximo dia 28 – data em que serão iniciados os trabalhos de desmontagem de estruturas, que impactará o trânsito em dois trechos.

No primeiro, de 28 de janeiro a 8 de fevereiro, será necessário realizar a interdição da alça de acesso da rotatória no sentido Centro e um trecho de cerca de 100 metros da pista principal da Avenida Jorge Zarur, no sentido região sul. O trânsito será desviado para a pista marginal da via. (imagem abaixo)

A segunda etapa está prevista para acontecer do dia 3 de fevereiro ao dia 8 do mesmo mês. Nesta fase, será liberado o acesso da rotatória no sentido centro, permanecendo a interdição na Avenida Jorge Zarur. (imagem abaixo)

Transporte Público

Por conta do fechamento do acesso na rotatória, os motoristas e as linhas de ônibus que utilizam o trecho interditado terão que seguir pela avenida Jorge Zarur e fazer o retorno no Anel Viário, retornando à rotatória e seguindo o itinerário padrão.

LIFE | cotidiano - Publicado 15:52 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Com previsão para março, ponte estaiada provoca nova alteração em dois trechos no trânsito para desmontagem das estruturas

  1. Robson disse:

    Essa ponte tem q ser batizada como a ponte da vergonha. Tem q ser muito cara de pau um administrador do dinheiro público do município pra gastar milhões com empréstimo, construindo uma ponte estaiada para transpor um corrego de 5 metros. Toda a engenharia e física aplicada numa ponte suspensa com pontos de sustentação bem afastados seram usados neste tipo de ponte. Por isso q fica cara.
    Agora vos pergunto. Tinha necessidade de uma construção deste porte? Onde um viaduto simples resolveria. Desnecessária e gastando esses milhões q poderia ser empregado em outros projetos. E o engenheiro q colocou o nome nisso é um mercenário, babaca, q só quer saber do dinheiro. Igual o prefeito. O lema é roubar o q puder e projeção, pois as eleições já são este ano. Tudo calculado, enquanto pudermos manter esta massa de manobra ignorante (O Povo/Contribuinte/plebeus), desfrutaremos das mordomias!…

  2. Robson disse:

    Isso é sacanagem com o povo e desrespeito e descaso com o dinheiro do público!…Usam como querem.

    • Robson disse:

      Isso é sacanagem com o povo e desrespeito e descaso com o dinheiro público!…Usam como querem.

  3. Brutus disse:

    Ainda vão descobrir, que lucraram e muito com essa ponte! O tempo dirá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *