Prefeitura se posiciona sobre suposto caso de agressão a criança em creche

Em nota, secretaria de Educação se solidariza com a família da criança de 2 anos, informa que encaminhou o caso às autoridades policiais e que três funcionários foram afastados

Fotos autorizadas pela família

Um suposto caso de agressão a criança em uma creche da rede municipal de São José dos Campos foi registrado em Boletim de Ocorrência, lavrado no 7º DP, pela mãe da vítima, e vem sendo apurado pelas autoridades policiais e pela prefeitura. A violência teria ocorrido na escola Dom Pedro de Alcântara Caíque, situada na zona sul da cidade, no dia 15 de outubro.

Segundo denúncia recebida pela reportagem, um professor teria ligado para a mãe da criança às 14h informando que sua filha, uma menina de 2 anos, “tinha dormido e acordado com uma manchinha no rosto”. A fonte afirmou também que um exame de corpo de delito teria confirmado que os hematomas no rosto da criança seria consequência de agressões causadas por trauma.

Questionada sobre o caso, a prefeitura – por meio da secretaria de Educação e Cidadania – informou que lamenta a ocorrência e se solidariza com a família da criança. A pasta disse também que o caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar e autoridades policiais e que três funcionários foram afastados. O posicionamento comunicou ainda que já foi aberta uma averiguação interna e por se tratar de um caso que envolve criança as informações são sigilosas.

LIFE | cotidiano - Publicado 23:55 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

5 thoughts on “Prefeitura se posiciona sobre suposto caso de agressão a criança em creche

  1. Jardel disse:

    O Conselho tutelar só aparece depois que a criança é agredida, muitas vezes as pessoas denunciam problemas de maus tratos, principalmente psicológicos e a posição do Conselho Tutelar é que se está com a mãe está tudo bem, quando na verdade muitos problemas poderiam ser evitados. No caso da creche a minha opinião é que nem familiares e nem colaboradores estão preparados para cuidar das crianças. A falta de estrutura nos lares forma trabalhadores de péssimo caráter e qualidade técnica.

  2. Bruno - Oficial 🚔👮‍♀️🚨 disse:

    Não vai dar em nada! Vamos aprender a votar?

  3. Marcelo Ortiz disse:

    Lamentável uma situação dessas. Depois essa criança precisará passar por algum acompanhamento psicológico para ver se não ficou algum trauma dessa agressão.

    • Mãe do Bruno disse:

      Bruno, Só 27 dos 513 deputados foram escolhidos pelo Eleitor que “não sabe votar” como vc diz. Todos os poderes legislativos usam quociente eleitoral, temos um Sistema Eleitoral que não representa a vontade do Eleitor, apenas dos grandes partidos. Listinha dos problemas:
      1) Judiciário que custa 1,5% do PIB
      2) Fundo Eleitoral e Partidário (o problema é o custo do auxílio absorvente)
      3) Reeleição ( tem parlamentar no décimo mandato)
      4) Imunidade Parlamentar (ART 53 da Constituição)
      5) Ministro do STF indicação política (não de carreira ou concurso)
      6) Regressão de Pena
      7) 14% do PIB com Folha de Pagamento Governo contra só 6% do PIB em Educação (e muitas vezes mal gasto)
      Cara não é Lula, Bozo, Dória ,Felício , PT, PSDB, PQP , etc…eles são resultados de toda a merda acima.

  4. João disse:

    Nem todos estão preparados ou tem o perfil adequado para trabalhar com crianças. Assim sendo , a Prefeitura deveria ter um protocolo de seleção especifico para os funcionários que vão trabalhar em creches , evitando assim problemas como esse , fato que revela a incapacidade desse funcionário para trabalhar com crianças !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *