Manifestantes se reúnem na avenida Jorge Zarur pedindo paralisação da construção da ponte estaiada

Grupo se reuniu com faixas e cartazes para conscientizar a população

Foto: Life Informa

Nesta quarta-feira (16), por volta das 17h, ocorreu uma manifestação contra a construção da ponte estaiada na avenida São João, uma das avenidas impactadas pela obra. A intenção do movimento é de mobilizar a opinião pública afim de discutir o futuro do projeto, conscientizar a população sobre os malefícios trazidos pela construção e buscar outras alternativas para minimizar o fluxo de carros na região, priorizando o transporte coletivo.

Inicialmente, os manifestantes se reuniram em um posto de gasolina em frente à obra. De lá,partiram para as proximidades da avenida Jorge Zarur. Em cada fechamento do semáforo da via, o grupo se reunia na faixa de pedestres carregando cartazes e faixas de conscientização à população, alertando sobre as irregularidades da obra.

Segundo os participantes, o movimento não está atrelado a nenhum partido e é aberto a todos que quiserem apoiar. Os manifestantes exigem que a obra seja parada imediatamente, pois consideram o projeto sem estudos e afirmam que ele não trará benefícios para o transporte público.

“Para nós a manifestação é imprescindível, porque o projeto foi apresentado em abril do ano passado e o contrato com a empresa responsável pela obra foi assinado dois meses depois. Então não houve nenhum tempo possível para a sociedade entender o projeto. Ele foi imposto a nós”, afirmou uma participante.

“Estamos aqui hoje, engrossando este movimento, pois a ponte será obsoleta, ela terá vida útil de sete anos. Ela não vai priorizar a cidade como um todo, ela apenas vai priorizar a arquitetura do município. Então, estamos aqui fazendo esta mobilização para poder mudar a realidade do projeto. É apenas o pontapé inicial de um movimento que não vai parar, a cidade tem outras prioridades. 37% do nosso município é zona rural, muitas regiões necessitam de creches, saneamento básico e investimento; queremos a cidade visível para todos”, explicou Gilson Machado, presidente da associação de moradores do Candiru e do Hawai, na zona norte.

Eduardo Sivinski, candidato a deputado federal nas eleições realizadas no ano passado, também esteve no local apoiando o movimento e destacou que o principal objetivo da ação é conscientizar a população, para assim, conseguir viabilizar alternativas para o projeto.

Manifestantes também protestaram contra o fato do projeto de priorizar apenas o transporte individual (Foto: Life Informa)

 

LIFE | cotidiano - Publicado 19:31 | - admin

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *