Felicio rechaça fase vermelha do Estado e garante posicionamento na sexta-feira

Prefeito de São José dos Campos afirma que casos estão estáveis na cidade

 

Após Doria recuar toda o estado para a fase vermelha do Plano São Paulo, o prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth, usou as redes sociais para opinar sobre a decisão do governo estadual.

“Os casos estão estáveis em São José dos Campos. O Comitê de Enfretamento do Coronavírus avalia que não é necessário no momento a fase vermelha na cidade. Outras cidades estão enfrentando instabilidade, o que não é o caso de São José. Se for necessário fecharemos a cidade, mas não é o que ocorre neste momento. Os comércios e a economia não podem ser sacrificados. Vamos dar uma posição oficial na sexta (5) ”, afirmou.

A Life publicou uma matéria nesta quarta (3) em que revela que, ao contrário do resto do estado e do país, a situação está melhor controlada em São José dos Campos.

 

LIFE | cotidiano - Publicado 16:19 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

27 thoughts on “Felicio rechaça fase vermelha do Estado e garante posicionamento na sexta-feira

  1. Augusto disse:

    Marketing.

  2. Agn disse:

    Papo furado. Na hora H ele vai fazer tudo o que o Dória mandar.

  3. Sandra disse:

    Não é verdade, ele deve ter levado uma chamada de Doria a outra vez. E Sjcampos está sofre nos por isso.

  4. Marcos disse:

    Quer aparecer.

  5. Bruno disse:

    Populismo é uma das marcas de políticos que não devem ser levados a sério. Infelizmente, esse senhor está brincando com as nossas vidas, como faz o genocida marginal Bolsonaro. Vocês estão dispostos a dar a vida pela economia? Eu não! Tive redução salarial, mas estou VIVO! Quando isso passar, voltarei a trabalhar normalmente e poderei recuperar o que foi perdido. Se eu MORRER, já era, ponto final. Os bolsominios são muito burros!

    • Clayton silva disse:

      Esse Bruno é uma bichona!

      • Georges Christian Costaridis disse:

        Consegue fazer um comentário com coerência e sentido ou seu nível intelectual não o permite chegar a tanto? Deixe de se comportar como criança birrenta que o senhor não tem mais idade pra isso!

      • Bruno disse:

        Olha o nível do bolsominion 🤯

    • Antonio disse:

      Você não vai poder nem passear com seu poodle na Praça do aquárius!

      • Bruno disse:

        Invejoso! 🐮

  6. Georges Christian Costaridis disse:

    Se a cidade está em nível de estabilidade temos que analisar os motivos que nos levaram a isso. E a vacinação integral de 6.457 pessoas (!!!!) de uma população de 730 mil é que não foi. Grande parte utiliza a máscara, muitos respeitam o lockdown na medida do possível, grande parte do comércio praticando o delivery ou limitando a entrada de clientes e com utilização de álcool gel e tapetes sanitizantes. É compreensível que o comércio precisa sobreviver. Então por quê não seguir as regras do limite por pessoas e sanitização? Não podemos perder essa condição em que estamos agora relaxando as medidas que estão sendo praticadas.

  7. Luis disse:

    Por que o bozimho (nosso prefeito) não vai fazer o que faz de melhor ou pior: ponte e ginásio de esporte?
    Afinal, pandemia para ele não tem nenhuma conexão, por exemplo, com ônibus lotado, segundo a comissão científica de sjc, que deve ser a melhor do estado, do país e do mundo, disseram isso para ele.
    SJC NÃO É UMA ILHA, parafraseando ditado popular.
    E não sei se foi percebido, mas ele gosta de estar sempre na contramão do que diz o estado (que tb não defendo). Se o estado diz fase amarelo o prefeito coloca vermelha e vice-versa. Depois culpa o judiciário por ir contra as medidas dele.
    Para mim isso é querer aparecer às custas de pessoas que estão agonizando.
    Teria mais a dizer, mas chega.
    É isso

    • Antonio disse:

      Uma observação, o ginásio de esportes foi obra para reeleição do Carlinhos, mas não deu certo, e a ponte foi do Felicio e deu certo para a reeleição! Kkkkkk

      • Bruno disse:

        👉🏻👌🏻✔️

      • Luis disse:

        Mudam as legendas, mudam as caras e os nomes, mas no popular, “SÃO TODOS FARINHAS DO MESMO SACO” FARINHA PODRE.
        Isso não é de agora e não é só municipal, mas todas as instâncias políticas, tanto no executivo como no legislativo. Não deixaria o judiciário de fora.
        Quem paga é a população, as pessoas, desde Cabral, que diga os índios.
        E somos OBRIGADOS a votar em algum destes indivíduos. Como não gosto desta obrigação…(para bons entendedores a reticência diz tudo).
        Sem “Kkkkk”.

  8. Luis disse:

    Existe CENSURA da REDELIFE para comentários sem nenhuma ofensa ou palavras de baixo calão.
    Dizem que postagem parecida já foi publicada.
    Será que vão publicar isso?

    • Luis disse:

      Parece que o Censor voltou atrás.
      Indícios de ditadura voltando até voltando até em jornal de baixa circulação.

      Já não bastasse o atual presidente mandar jornalistas calarem a boca.

      Espero que a própria imprensa não faça uma coisa que ela luta tanto para ser mantida: LIBERDADE DE EXPRESSÃO….seja ela repetitiva ou não.

      • Bruno disse:

        Luis, tome seu remédio controlado; você está doente!!! E precisa de aulas de Português, URGENTE!

        • Luis disse:

          Melhor não responder a quem não merece. Mas vamos lá:
          1) vc está sendo preconceituoso para quem faz uso de qualquer tipo de medicamento. Isso por si já mostra o lixo que você é;

          2) me aponte os erros de português, que não teria problema algum em acertar. Mas não me venha com mais lixo genérico. O que mostra de novo o lixo que você é;

          3) poderia me dizer seu nível de escolaridade e onde estudou? Estou ansioso em saber. Mas não esqueça mesmo sendo lixo, não minta, pois de qualquer forma fingiram que acredito em você (ou já devo chamar de lixo mesmo?.

          Ah! Sabe usar exclamação e ponto e vírgula?

  9. Luis disse:

    E se quiser, Lixo Bruno, te arrumo meu remédio. Se não quiser também.
    Me lembrei de mais uma coisinha. Sempre acontece erros de ortografia ou vírgulas em texto, principalmente quando escritos rapidamente e com o corretor ortográfico (conhece essa palavra, Lixo?) do celular.

    Mas, não quero fazer julgamento precipitado, mas o Bruno Lixo deve ser mais um bolsinarista que segue como um gado o acéfalo do presidente. ( acéfalo…hum… não deve conhecer esta palavra também).
    Por fim, não se usa várias exclamações, mesmo que queira chamar a atenção.

    Aguardo resposta.

    Se quiser, falamos ao telefone, já que você é uma pessoa sã e letrada.

    • Antonio disse:

      Está ficando animado! 🍻🍻

      • Luis disse:

        Não é que está ficando animado mesmo.

        Mas vi que este “Bruno” colocou mensagens ofensivas em vários comentários de várias pessoas.
        Mas não é difícil de descobrir quem é de verdade e onde está. Mas não vale à pena…por enquanto 🙂

        • Bruno disse:

          Luis ameaçando, olha só! Esse é o nível de gentinha, canalha, bolsominion, safado e pilantra.

      • Bruno disse:

        Invejoso!

    • Bruno disse:

      Luis, que Português é esse jovem? Faça um supletivo! Que horror!

  10. Luis disse:

    Como disse um Bruno real nas mensagens anteriores. O Lixo está usando o nome de “Bruno ” também e deve estar escrevendo da cadeia.
    E não ameaçaria presidiário. A não ser que eu não esteja tomando os remédios. Quer pagar para ver? 🙂

    Mas, enfim, não vale à pena escrever algo mais sobre um Lixo. 🙂 🙂

    Prefiro comentários construtivos contra ou a favor do prefeito, governador e presidente.

    Se quiser, pode usar meu nome como seu pseudônimo das próximas vezes.

    Boa sorte, ” Bruno”!

  11. Eduardo Alves disse:

    Esse Bruno é chato pra caramba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *