LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Detran e Polícia Civil bloqueiam mais de 200 empresas estampadoras de placas em operação em São José e São Paulo

Compartilhe a Life Informa:

Bloqueio ocorreu em empresas de todo o estado porque elas participavam de esquema ilícito de obtenção de códigos de autorização de estampagem de placas Mercosul, sem o devido pagamento de taxas ao erário

Foto ilustrativa: radiocolonial

O Detran promoveu na sexta-feira (18), em parceria com Polícia Civil, ação de fiscalização com alvo em duas empresas estampadoras de placas Mercosul, nas cidades de São Paulo e São José dos Campos. Denominada “Operação Estampadoras”, a ação resultou no bloqueio de mais de mais de 200 estampadoras credenciadas pela autarquia em todo o Estado.

O bloqueio ocorreu porque as empresas participavam de esquema ilícito de obtenção de códigos de autorização de estampagem de placas Mercosul, sem o devido pagamento de taxas ao erário. Ou seja, os locais vistoriados nesta sexta (18) pelos agentes obtinham os códigos junto ao Detran-SP e os repassavam a outras credenciadas, com as quais negociavam a comercialização da AE (autorização de estampagem) por valores abaixo dos oficiais.


As taxas a serem pagas ao erário – de 0,85 UFESP, equivalentes a R$ 29,12 por cada placa a ser estampada – não eram recolhidas, causando o descredenciamento da empresa após um período. Entretanto, os responsáveis abriam uma nova empresa, com novo CNPJ, e continuavam a operação irregular junto ao Detran-SP. Estima-se que tenham sido abertas mais de 15 empresas diferentes sucessivamente, que agiam da mesma forma.

“Nosso compromisso com os interesses da população é absoluto. A ‘Operação Estampadoras’ é prova disso, combatendo a corrupção. Identificar e bloquear as atividades das estampadoras fraudulentas é um passo significativo para desencorajar práticas ilegais e garantir a transparência nas atividades dos credenciados. Não mediremos esforços para garantir qualidade na prestação dos serviços ao cidadão paulista”, reforça o diretor-presidente do Detran-SP, Eduardo Aggio.

Na operação de sexta-feira, foram apreendidos celulares, computadores, talonários de notas fiscais, notas fiscais já emitidas, máquinas de cobrança, além de insumos para a estampagem, das empresas fiscalizadas. Os responsáveis foram conduzidos à delegacia para prestarem esclarecimentos.

Além do bloqueio, que irá impedir o exercício das atividades comerciais das mais de 200 empresas antes credenciadas, o Detran-SP e a Polícia Civil darão início às providências cabíveis para que o erário público seja ressarcido em relação às taxas não recolhidas. Todas as estampadoras bloqueadas participantes do esquema ilícito responderão tanto a processo administrativo, que pode resultar no seu descredenciamento definitivo junto ao Detran-SP, quanto a processo criminal, por prejuízo aos cofres públicos.

É importante mencionar que a aplicação de qualquer penalidade, como o possível descredenciamento do estabelecimento, será feita somente após o trânsito em julgado do processo administrativo, observada a ampla defesa do acusado.

Desta ”Operação Estampadoras”, participaram três equipes do Detran-SP, com seis agentes do órgão envolvidos no trabalho, além de seis equipes com 12 policiais da Polícia Civil.

 Consulta a estabelecimentos credenciados

O Detran-SP reforça a importância de o cidadão realizar a consulta dos estabelecimentos credenciados no portal do Departamento de Trânsito antes de efetuar qualquer serviço.

A busca pode ser feita em detran.sp.gov.br na aba de “Parceiros”, “Desmontes”, “Empresas registradas”. Caso a empresa não seja encontrada durante a pesquisa, o procedimento não deve ser realizado no local. Além disso, é de suma importância exigir sempre a nota fiscal do serviço que foi realizado.

Veja também

Prefeitura define que avenida Anchieta vai ser compartilhada entre veículos e bicicletas – Life Informa

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos e Vale do Paraíba – SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre em nossos canais e facilite sua comunicação!
Para entrar no grupo Whatsapp: clique aqui
Nosso Novo Canal Whatsapp: clique aqui
Para entrar no canal Telegram: clique aqui 
Para seguir pelo Instagram: clique aqui
Para entrar no canal no YouTube: clique aqui
Denúncias, reclamações e informações:
Nossa redação 12 98187-2658

3 Respostas

  1. Só no Brasil a empresa não se “comunica” aoa sócios fiscalmente
    Temos mais emoresas abertas para lesar o erário do que para produzir de fato.
    Postos são fechados por aduletarem combustível e na outra semana estão abertos novamente com outro cnpj e dentro do mesmo esquema

    1. O governo com a privatização diz que o serviço vai melhorar, tenho dúvidas, o que geralmente acontece é a precarização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Nosso e-mail: contato@informa.life | 12 98187-2658
Life Informa | São José dos Campos – SP
Avenida Cassiano Ricardo, 601 / Sala 123
Edifício The One – Jardim Aquarius
São José dos Campos – SP – CEP 12.246-870