Aquarius Life: Placas antifluxo demandam rigor na fiscalização para surtirem efeito

Novidades no bairro, avenida Comendador Vicente de Paula Penido, entorno da praça Ulisses Guimarães e rua em frente ao espaço Riugi Kojima recebem sinalização que proíbe parada e estacionamento das 22h às 6h

Foto Life

Parte de um conjunto de ações da prefeitura, as placas antifluxo foram instaladas recentemente em três pontos do bairro Jardim Aquarius – que rotineiramente são os “campeões” em aglomerações, principalmente em tempos de pandemia. As sinalizações foram colocadas na avenida Comendador Vicente de Paula Penido, no entorno da praça Ulisses Guimarães e na rua situada em frente ao espaço Riugi Kojima, e proíbem a parada e o estacionamento das 22h às 6h. Além dos agentes de mobilidade, os policiais militares também estão credenciados para a fiscalização do trânsito de competência do município (uso do solo) e já estão multando veículos estacionados de forma irregular ou com som acima do permitido.
Mas, para surtir o efeito desejado, moradores pedem maior fiscalização. “As placas melhoraram um pouco a situação, mas as aglomerações continuam. Ninguém respeita as placas, somente a fiscalização para dar um jeito”, afirmou o engenheiro, Robim Norihito Furukita. “A fiscalização deveria ser mais intensa. Somente a placa, sem fiscalização para multar, não inibe o movimento. A placa desmotiva um pouco, mas somente a multa para surtir o efeito desejado. Mas, acho que a tendência é melhorar. Vamos seguir acompanhando e mantendo contato com a prefeitura”, avaliou o síndico do condomínio Sunset, Maurício Maurim.

Foto Life

Já Robim tem parecer um pouco diferente. “A verdade é que o povo não compreendeu o objetivo das placas. Exemplo: de que maneira as placas vão inibir os fluxos? As pessoas não entenderam que quando há fluxo, muitas vezes os participantes do fluxo continuavam no local e somente paravam de fazer o barulho enquanto a polícia estava ali. Assim que os policiais viravam as costas a barulheira era reiniciada. Agora com as placas ou os carros são multados, ou a aglomeração é dispersada e o retorno é inibido devido ao medo da multa. Dói no bolso”, enfatizou o entrevistado.
Conforme mensuração da reportagem feita via grupos de WhatsApp e redes sociais, os fluxos na avenida Comendador Vicente deram uma reduzida na frequência, mas as aglomerações seguem a todo vapor pela praça Ulisses Guimarães e no espaço Riugi Kojima – além de vielas como a existente entre as avenidas Orlando Feirabend Filho e David Barrilli.
Questionadas pela reportagem, prefeitura e Polícia Militar afirmaram que seguem fiscalizando, impedindo e dispersando aglomerações não somente no Jardim Aquarius como em outros bairros de São José dos Campos como Urbanova e Campo dos Alemães. As autoridades informaram também que vêm realizando bloqueios em vários pontos da cidade com a finalidade de evitar fluxos e orientar a população sobre as regras de restrição de circulação.
Vale ressaltar que no Urbanova foi firmado um convênio remunerado entre condomínios e a Guarda Civil Municipal, que estabelece viaturas próprias para atuar no combate aos fluxos. Chamada de atividade complementar pela prefeitura, o assunto foi capa da Aquarius Life de fevereiro e gera muito polêmica entre adeptos e contrários ao convênio remunerado entre prefeitura, associações e condomínios.
Denúncias de aglomerações e descumprimentos das regras de isolamento social podem ser feitas pelos telefones 153 (GCM) e 190 (Policia Militar).

Foto Life

Outras medidas
Além da instalação das placas, a prefeitura municipal realizou outras medidas para combater os fluxos como o convênio que permite a PM aplicar multas de trânsito e a lei que restringe o funcionamento das adegas.

LIFE | aquarius-life - Publicado 17:46 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Aquarius Life: Placas antifluxo demandam rigor na fiscalização para surtirem efeito

  1. Georges C. Costaridis disse:

    Tem um grupo que contratou leões de chácara sob a desculpa de “convênio” com o Felício. É essa a saída? E câmeras que monitorem e multem os festeiros?

  2. Bruno - oficial 👮‍♀️ disse:

    Placa? Que ideia mais tola!

  3. Antonio disse:

    A placa é a maneira de chegar no local, multar, guinchar e prender se for o caso… isso que foi prometido, o problema é que não está sendo cumprido!

  4. ligia disse:

    É todo dia isso . Temos que dormir. Temos médicos que precisam descansas bebêes , cardíacos . Por favor Policia siga esses arruaceiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *