Aquarius Life: Alagamentos geram riscos no cruzamento da Cassiano Ricardo com Carlos M. Auricchio

Motoboys têm caído no local e pedestres são molhados pelos carros que passam

Os alagamentos no entroncamento da avenida Cassiano Ricardo com a Carlos Maria Auricchio têm sido uma preocupação constante para os moradores e comerciantes do Jardim Aquarius.

Quando chove, a água da chuva acumula-se nas ruas, evidenciando uma deficiência no escoamento e na drenagem da água. Segundo relatos de moradores e trabalhadores, motoboys têm caído no local e pedestres são molhados pelos carros que passam. A situação torna-se ainda mais crítica pelo fato de que no local já há recebimento de água de reuso de um prédio situado na rua Osvaldo Lecques.

Diante dessa situação, nossa equipe de reportagem procurou a Secretaria de Manutenção da Cidade para obter informações sobre a causa dos alagamentos e possíveis soluções para o problema.

Em resposta, a secretaria informou que o caso será avaliado em conjunto com a secretaria de Gestão Habitacional e Obras. Ainda segundo a secretaria, o objetivo é encontrar uma solução definitiva para o problema, que vem causando transtornos para os moradores e comerciantes da região.

Enquanto isso, a população aguarda uma solução para os alagamentos no entroncamento da avenida Cassiano Ricardo com a Carlos Maria Auricchio – que têm causado prejuízos e riscos para todos que circulam pelo local.

LIFE | aquarius-life - Publicado 08:55 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre no grupo de Whatsapp: Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Aquarius Life: Alagamentos geram riscos no cruzamento da Cassiano Ricardo com Carlos M. Auricchio

  1. MoradorAlvorada disse:

    Minha impressão é que a cada ano, essa área afunda um pouquinho, ficando uma depressão e acumulando água… Uns anos atrás não era assim, acho que a água acumulava pouco mas era escoada.

    Agora, motoqueiro é complicado tb, tá achando que tá na moto GP pra fazer curva igual doido….

    • MoradorAlvorada2 disse:

      Moro em frente a esse local e já presenciei dois acidentes de moto em dias sem chuvas e sem que os motociclistas estivessem fazendo a curva em velocidade superior à permitida. Como a matéria apontou, mesmo em dias sem chuva, quando um condominio próximo lança água de reuso, a água fica acumulada, formando uma piscina. No meio da curva o motociclista se depara com a massa d’água. Isso sem falar nos idosos e.nas mães com carrinhos de bebê que tem que andar quase uns 50m na grama encharcada para fugir do banho certo de lama se andar na calçada. Qualquer um que já passou por ali em dia de.chuva sabe que qualquer chuva a água quase cobre as rodas dos carros, porque não trm drenagem.

  2. José Moraes disse:

    Com esse volume que tem chovido, qualquer lugar demora o escoamento. Tem que ser cauteloso, tanto quem dirige quanto que passa na calçada para não tomar um banho de água suja.
    Mas vale a pena avaliar se há como instalar bueiros e melhorar a drenagem.

  3. Joel+de+Oliveira disse:

    Em frente ao SESI no Bosque alaga tudo também,boca de lobo não suporta tanta água.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.