Yellow aumenta o preço das bikes em 200%. Usuários reclamam!

Início do serviço em São José custava R$ 1 para cada 15 minutos. Agora o mesmo valor permite circular por apenas 5 minutos com a bike

Foto: Life

No dia seguinte ao anúncio da expansão da área de abrangência das bikes, a empresa Grow, dona das marcas de patinetes e bicicletas compartilhadas Grin e Yellow, reajustou o valor do serviço em 200%. Antes era possível circular 15 minutos com a bike compartilhada por R$ 1. Agora o mesmo valor permite trafegar por apenas 5 minutos com a bike. O aumento pegou muitos usuários de surpresa.

“Me chamou a atenção. Para quem anda com a bicicleta todo dia o aumento representa um gasto extra considerável”, afirmou o representante comercial, Luis Bernardes Simionato. Opinião similar foi exposta pela vendedora Jéssica do Amaral Nascimento. “A empresa não é boba. Viu que o sistema deu certo e já explorou os preços”, reclamou. “São José é uma ótima cidade para andar de bicicleta. Mas aumentar em 200% é um exagero. Qualquer aumento nesta intensidade é fora da realidade”, analisou o ciclista Fausto Pereira.

 

Empresa  – A Grow esclarece que o preço das corridas de bicicleta na cidade passou de R$ 1 a cada 15 minutos para R$ 1 real a cada 5 minutos no dia 1º de agosto. A medida foi necessária para garantir a sustentabilidade da operação e não atinge as corridas de patinetes, para as quais não há previsão de mudanças.

LIFE | cotidiano - Publicado 18:37 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

11 thoughts on “Yellow aumenta o preço das bikes em 200%. Usuários reclamam!

  1. Katia disse:

    Os usuários deveriam parar de usar até que retornassem ao preço antigo. Aumento extremamente abusivo

  2. Rodrigo Nogueira disse:

    Solução Simples, ninguém usa…deixem elas apodrecendo no tempo..afinal, não se trata de algo essencial…e quem gosta muito de bike já tem a sua.

  3. Juliano disse:

    Gostava, mais 200℅ deixei de gostar e qdo precisar, vou de ônibus urbano R$4,20 que é possível integrar e circular por até 2 horas. Não podemos ser conivente com esse tipo de aumento.

  4. Joao disse:

    Simples nao use mais ,bobo e quem use msm c esse aumento,nao vem fala q precisa ,q e so compra uma bike ue,nos nao somos trouxa p aceita aumento assim.

  5. Patricia santos disse:

    Realmente, um abuso deixem de usar simples assim.

  6. Sandro disse:

    Simples ,so nao utilizar, temos o concorrente ,bike sanja , e o que interessa é o poder de escolha!

  7. Edvan Roque disse:

    Precisamos da união da população que utiliza das bikes seja para trabalho ou simplesmente passeio, NÃO USEM AS BIKES ATÉ QUE VOLTEM OS VALORES , não podemos permitir um abuso desse com a população, chega de roubalheira

  8. JUNIOR disse:

    Aqui em Vitória ES também correu esse disparate, o preço praticado era de 1 a cada 10 min agora é de 2,50 a cada 20 min ou seja que fazia um trajeto a baixo de 10 min teve um aumento de 150% inacreditável, é no mínimo um escárnio o essa empresa fez com os usuários.

  9. Rosidney A. disse:

    Eu sempre usei a bike da yellow depois que eles reajustaram 200 % eu simplesmente eu não uso mais, prefiro ir de ônibus ou a pé mesmo, recomendo a todos que deixam de usar as bikes da yellow,ter um aumento de 200% isso é um abuso,diga não.

  10. Rodrigo Bornholdt disse:

    Não gostei desse aumento não.

    Vou priorizar a samba, mas infelizmente não tem muitas disponíveis.

    Falta mesmo um concorrente à altura . Eu acho que esse aumento não vai pegar não, torço para baixarem logo os preços para que eu possa voltar a usar com frequência.

  11. Luciene disse:

    Fiquei assustada ao saber do valor cobrado. Está dentro da lei isso? Podem cobrar o que quiserem assim? Mudar quando bem entenderem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *