Você conhece as coleiras anti-latido?

Á disposição no mercado, elas emitem recursos sonoros ou impulsos eletrônicos que inibem o latido

Cada vez mais comum, o uso da coleira anti-latido certamente não é uma das técnicas mais recomendáveis para ensinar o cachorro sobre seus limites. Fabricado e vendido, as opiniões variam de dono a dono.
No entanto não há nenhuma contra-indicação direta indicando que a utilização das coleiras cause algum tipo de dano à saúde do animal. “O importante é conseguir adestrar o cachorro. Muitos aprendem sem precisar destas coleiras. Cada caso é um caso. Tem que avaliar a necessidade, mas não causa nenhum dano”, explica o veterinário da clínica Pet Company, Roberto Takeo Shinkai.
Como tudo que envolve o universo veterinário, o bom-senso deve ditar as regras. Segundo Shinkai, antes de optar por uma coleira anti-latido é imprescindível estar bem informado sobre o estado de saúde do animal. “É recomendado fazer uma avaliação. E se o cachorro tiver problema cardíaco e utilizar coleira que dá choque? E se for surdo (existem cães que nascem surdos) e usar uma que emite sinais sonoros?”, indaga o veterinário.
Sobre as características, Shinkai conta que a coleira efetivada com impulsos eletrônicos tende a ser mais eficaz em relação ao equipa-mento que funciona via recursos sonoros. “A descarga elétrica funciona mesmo. É bem eficiente e recomendada aos cachorros mais agres-sivos, que dificultam o ‘passeio’ e destroem móveis. O choque também inibe avanços como, por exemplo, subir na mesa ou sofá. Se for para utilizar a coleira em prol do estabelecimento dos limites ao cão, ela é bem-vinda”, destaca.
Já as “coleiras sonoras” produzem um ruído muito baixo, imperceptível à audição humana. “É uma frequência de ultrassom que só o cachorro consegue escutar. Estas coleiras devem ser utilizadas pelos cães que latem muito”, relata. E acrescenta.
“Também é importante ficar de olho na extensão da coleira, que deve ser adequada ao tamanho do animal – além de saber o momento certo de ativar o choque ou sinal sonoro”, esclarece.
Similar ao funcionamento da coleira, também é encontrada no mercado a “barreira sonora”, que visa impedir que o animal entre em determinado local.

LIFE | cotidiano - Publicado 07:00 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *