Vencer o preconceito antes que seja tarde

O Novembro Azul é o mês de prevenção do Câncer de Próstata e, apesar do alto índice de cura é o mais comum entre os homens, em todas as regiões do país, sem considerar os tumores de pele não melanoma, de acordo com o INCA – Instituto Nacional de Câncer.

Foto: Portal Hospitais Brasil

Mas se há chance de cura, por que o Câncer de Próstata traz tanta preocupação? Porque não se faz o diagnóstico precoce e 95% dos pacientes procuram ajuda já em estágio avançado, um sinal de que a prevenção pode salvar muitas vidas.

A Dra. Rima, médica e responsável técnico do IMC – Instituto Multidisciplinar de Cancerologia, alerta:  “Um homem chega a ter sete anos a menos de vida do que uma mulher, exatamente porque acaba tendo menos cuidado com a saúde, e quando percebe algum problema pode ser tarde”.

Um em cada seis homens apresenta a doença

A próstata com o avançar da idade cresce de maneira natural e exige que se procure um médico, mesmo sem os sintomas de compressão da uretra – como a demora, a dor e a dificuldade para urinar, pois esperar os sintomas é um enorme risco.

O urologista só poderá iniciar um tratamento de prevenção do câncer se puder acompanhar anualmente, com exame de toque e apontar qualquer anormalidade, mesmo sem sintomas. O diagnóstico passa a ser mais claro com a verificação do nível de Antígeno Prostático – conhecido como PSA – detectado num exame de sangue e o ultrassom de próstata.

“O nível do PSA é um exame complementar que serve como um sinal de trânsito para avaliar um paciente: se o PSA e o exame da próstata pelo urologista estão normais, sinal verde; se um dos dois estiver alterado, PSA ou próstata pelo urologista, sinal amarelo, já é hora de agir; se ambos estiverem alterados, sinal vermelho, o cuidado tem que ser imediato ”, explica Dra Rima.

O IMC promoverá de 13 a 30 de novembro no CenterVale a mostra fotográfica “Novembro Azul”, que reforça a reflexão de que para cada fase da vida existe um cuidado com a saúde. Assim, como uma criança visita um pediatra para o acompanhamento do seu desenvolvimento, o homem adulto, quando chega à fase dos 50 anos, precisa ter a conscientização de que é algo perfeitamente normal e necessário cuidar da próstata. E se há um histórico familiar,  a procura deve acontecer mais cedo, aos 45 anos. É essencial a participação da família para que os homens, nessa fase, sejam incentivados a refletir, olhar para o que construíram,  pensar no futuro que têm pela frente. Por isso, a importância de vencer preconceito e cuidar da saúde.

LIFE | cotidiano - Publicado 15:16 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *