Tragédia em Caçapava: menina de 6 anos chega da escola, vai atrás de cachorro e morre atropelada na rua de casa

Fatalidade ocorreu na sexta (18) na avenida Pedro Antônio, no bairro Tijuco Preto

Tragédia, fatalidade e muita dor em Caçapava. Uma criança de 6 anos morreu atropelada por uma van no início da tarde de sexta (18) na avenida Pedro Antônio, no bairro Tijuco Preto.

Conforme a Polícia Civil, a menina abriu o portão de casa, às 12h30, ao chegar da escola e seu cachorro fugiu. Ela atravessou a rua correndo atrás do pet e acabou atingida por uma van que passava pela rua. O pai da criança estava no portão da casa no momento do atropelamento.

A menina chegou a ser atendida pelo Samu e encaminhada com vida ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar e será investigado.

O velório ocorre na Urbam, em São José dos Campos. O sepultamento será no Cemitério Municipal de Eugênio de Melo, às 10h30, deste sábado (19).

Veja também

Após recolher 30 toneladas, força-tarefa conclui limpeza de casa em São José

 

LIFE | cotidiano - Publicado 10:46 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Tragédia em Caçapava: menina de 6 anos chega da escola, vai atrás de cachorro e morre atropelada na rua de casa

  1. Michelle disse:

    Misericórdia

  2. Marco Antonio disse:

    Luz e Paz para essa família 🙏🏻

  3. Rubens Filho disse:

    Infelizmente, óbitos por traumatismo ou politraumatismo decorrentes de acidentes ( de trânsito, afogamentos, quedas, queimaduras, armas e violência) são as causas principais na faixa etária de 01 a 15 anos.
    Conscientização e propaganda educativa é uma das formas preventivas para diminuir os números.

    • Marco Antonio disse:

      Excelente comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.