LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Trabalhadores da GM de São José dos Campos recebem comunicados de demissão

Compartilhe a Life Informa:

Trabalhadores da GM de São José dos Campos recebem comunicados de demissão
Foto Sindicato

Neste sábado(21), trabalhadores da General Motors em São José dos Campos foram surpreendidos ao receberem telegramas informando sobre suas demissões. A ação atingiu diversos metalúrgicos, incluindo operários que estavam em regime de layoff. Até o momento, a montadora não divulgou o número total de demissões.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, a ação da GM também afetou as plantas de Mogi das Cruzes e São Caetano do Sul. O sindicato repudia veementemente as demissões, classificando-as como covardes, e exige o cancelamento de todos os desligamentos e a reintegração de todos os trabalhadores afetados.

Fique por dentro de tudo o que acontece em São José dos Campos e região em nosso portal informa.life. Para ter a notícia mais rápida, junte-se ao nosso canal do WhatsApp ou aos nossos grupos de avisos rápidos.


A GM tem um acordo firmado com o sindicato local, garantindo que não realizará demissões ou tomará outras medidas sem prévia negociação com os representantes legais dos trabalhadores. Este acordo foi flagrantemente descumprido na presente ação arbitrária da empresa.

Adicionalmente, segundo o acordo de layoff aprovado em junho, todos os operários da planta deveriam ter estabilidade no emprego durante a vigência da suspensão de contratos. Aproximadamente 1,2 mil trabalhadores foram colocados em layoff em julho.


Trabalhadores da GM de São José dos Campos recebem comunicados de demissão
Telegram enviado pela GM

Vale ressaltar que a General Motors não enfrenta uma crise econômica. No primeiro trimestre de 2023, a empresa anunciou um lucro líquido global de 2,4 bilhões de dólares. No Brasil, a companhia registrou um crescimento de 42% em suas vendas nos três primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2022, informou o sindicato.

Valmir Mariano, vice-presidente do Sindicato, expressou sua indignação: “Os trabalhadores e o Sindicato foram pegos de surpresa, em pleno sábado, com essa atitude covarde da GM. Nenhuma empresa pode fazer demissões coletivas sem prévia negociação com sindicatos no Brasil, e não vamos admitir essa arbitrariedade da montadora. A luta já começou e estamos mobilizados para reverter esses cortes.”

Além da assembleia convocada para este domingo, o Sindicato dos Metalúrgicos também está demandando ações emergenciais do governo Lula para reverter os cortes na General Motors. Eles também defendem uma luta unificada dos trabalhadores de São José dos Campos, São Caetano do Sul e Mogi das Cruzes em defesa dos empregos.

A fábrica da General Motors em São José dos Campos emprega aproximadamente 4 mil trabalhadores e é responsável pela produção dos modelos S10 e Trailblazer. A Life tentou entrar em contato com a empresa, mas não obteve respostas até o momento.

Editorial: Aquarius em constante metamorfose! (informa.life)

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos e Vale do Paraíba – SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre em nossos canais e facilite sua comunicação!
Para entrar no grupo Whatsapp: clique aqui
Nosso Novo Canal Whatsapp: clique aqui
Para entrar no canal Telegram: clique aqui 
Para seguir pelo Instagram: clique aqui
Para entrar no canal no YouTube: clique aqui
Denúncias, reclamações e informações:
Nossa redação 12 98187-2658

35 Respostas

    1. Faz o L. Porque até o ano passado não existia desemprego no Brasil neh?

      Gado desinformado é o pior.

      1. Quando a sua quadrilha foi chutada de Brasília em 2016 a taxa de desemprego era 14%, mais de 14 milhões de brasileiros desempregados. Em 2022 o Bozo trouxe essa taxa para 8%, ou seja, 6 milhões de trabalhadores conseguiram empregos.
        https://noticias.r7.com/economia/taxa-de-desemprego-abre-2023-em-84-o-menor-nivel-em-oito-anos-17032023
        Mas como vocês gostam de viver na merda, só em agosto o encolhimento da economia foi de quase 1%.
        2022 teve SUPERAVIT de 54 BILHÕES. 2023, em 10 meses da quadrilha, já estamos com um DEFICIT de 58 BILHÕES. Não precisa ser muito inteligente pra fazer essa conta.

    2. Putz sério mesmo? A Ford foi embora em pleno governo do Bolsonaro as demissões não tem nada a ver com quem fez ou deixou de fazer o L .

      1. Mas a Ford foi no mundo todo, não só no Brasil, fora do Brasil a Ford fechou em vários países,
        Agora no Brasil depois q aquele FDP do lula entrou várias empresas fecharam, e ele tá fazendo de tudo pra Uber sair do pais também, esquerda quebrou o Brasil, luladrão já deixou um rombo de 100 bilhões em pouco meses em

  1. É uma pena para os trabalhadores, mas a GM está com um portifólio de produtos que ninguém se interessa, nem os seus funcionários. Joseenses compram Hilux, RAM, Toro, Commander, Ranger. São poucas S10 e Trailblazer nas ruas brasileiras. Caras demais

    1. Questão de preferência. Bem ou mal a GM é uma indústria e produz algo de valor para esta nação. E o que produz um sindicato?

      1. O sindicato não serve pra nada neh?
        Mas quando o cidadão perde o emprego e o patrão tenta passar a perna, o desempregado vai correndo chorar para o sindicalista resolver.
        Pelego é a pior raça. Trabalha, ganha uma merreca e se orgulha de enriquecer o patrão.

        1. Sindicato é uma quadrilha para arrancar dinheiro do trabalhador. Antes do governo Bolsonaro havia mais de dezesseis mil sindicatos no Brasil. Tinha até sindicato dos “trabalhadores” de sindicatos. Agora com o cachaceiro esses inúteis estão de volta à farra.
          O mais engraçado é a arrogância: não vamos permitir… Vão chupar um canavial de rola. Faz o L.

          1. Com este seu argumento dá para ver que é um completo ignorante.
            Fique aí com esse pensamento, e quando perder o emprego tomara que não procure sindicato nenhum para fazer o cálculo trabalhista.

  2. Em 2008 a planta de SCS estava praticamente descartada, por ser antiga e ultrapassada, sufocada pela logística complicada, SJC seria a matriz e praticamente toda operação e quase toda produção seria transferida para cá, bastava aceitar uma nova grade salarial. Contrário a qualquer redução de salário, o sindicato foi absolutamente contra a nova grade, confiando ser impossível que tais investimentos a época fossem alocados em outras plantas. Resultado: Foi fechado o 2° turno em SJC e aberto o 3° turno em SCS, começava aí a derrocada, de lá pra só redução no número empregados aqui em SJC. EU ESTAVA LÁ! Trabalhei por 34 anos na empresa. Uma planta que foi de 12 mil funcionários , hoje cerca de 3 mil respiram por aparelhos. Há quem ache , ainda, que o sindicato do PSTU agiu certo, porém, a história diz que não, ao menos, a verdadeira história diz que não. Como vivemos tempos de discursos e falácias, a mídia culpará a ganância capitalista. Quem viver, verá.

    1. Muito bem colocado. A GM de São José, que na época teria um aporte de 4 bilhões para modernização, foi colocada para escanteio devido aos arruaceiros desses sindicalistas. Culpa deles.

  3. O que isso tem a ver com o lula amigo ,o Bolsonaro acabou com o país ,como o sindicato já falou a empresa teve um lucro exorbitante ,essas empresas querem escravizar os funcionários com salário cada vez melhor ,vamos brigar pelos funcionários sindicato

    1. Concordo com vc
      Esse povo tudo é culpa do lula , AFFF maria,só pôr Deus.essa demissão não tem nada a ver com o presidente lula

      Falou toda verdade, concordo plenamente com vc, disse toda verdade

    2. Vc só pode tá brincando ne, luladrão de janeiro até hj, rombo de 100 bilhões, até a globo lixo teve q da essa notícia,
      Lula FDP voltou e junto veio essa merda do sindicato mais forte pra encher o saco, sindicato não serve pra nada, e lula está acabando com as empresas

    3. Você é tapado ou o que? No ano passado o país estava com um superávit de 54 bilhões. Com o cachaceiro, em apenas 10 meses, tem um déficit de 58 bilhões. Ou seja, já roubaram mais de 110 bilhões.
      Só pra esclarecer para os burros: saiu de lucro para prejuízo. Consegue entender ou tem que desenhar?

  4. A história no Brasil e em outros países nos mostra que sindicatos só servem para extorsão de empresas e se beneficiam em nome de trabalhadores. Por outro lado o judiciário trabalhista que é o câncer desta nação atrelado com políticas tupiniquins só sabem produzir a miséria pois tiram de quem de fato produz algum valor nesta nação.

  5. Se o bolsomerda e seu gado fosse tão bom a Ford não teria fechado todas as suas fábricas no Brasil.. O sindicato tem sua culpa sim, a fábrica de SCS está com trabalho até a tampa, e aqui em São José, funcionarios parados ou lesionados..Assim ninguém sobrevive..

  6. Infelizmente nossa região tem uma dependência muito grande das montadoras e quando ocorre demissões em massa o efeito é catastrófico pois várias outras empresas estão ligadas fornecendo produtos e componentes . Dessa forma quando ocorre demissões acaba gerando um efeito dominó.

  7. Neste ano minha cunhada foi demitida,eu,minha irmã e minha sobrinha o amor venceu.

  8. Rsrsrs olha só os comentários.
    Multinacionais companheiro. É isso aí! Leis do mercado livre, da oferta e procura, dos impostos e lucros. Apenas capitalismo, só isso e não é exclusividade da América Latina, não.
    Sinto pelas famílias que talvez passem por dificuldades.

    O BURRO INSATISFEITO e O DEUS JÚPITER

    Um velho plantador de verduras tinha um burro que se dizia cansado de levar diariamente as hortaliças para o mercado. Tomou conhecimento de que havia um Deus chamado Júpiter que realizava os desejos de quem pedisse.

    Certo dia, pediu a Júpiter que lhe concedesse outro dono; queria sair daquela velha rotina em que sua vida tinha se transformado. Júpiter, prontamente atendeu ao seu pedido dando-lhe por dono um fabricante de tijolos e telhas que o fazia trabalhar muito mais e com cargas bem mais pesadas.

    O burro, ao perceber que havia cometido um erro, voltou até Júpiter e pediu que lhe desse outro dono.
    Foi imediatamente atendido, e desta vez foi trabalhar para um curtidor de peles que o tratou com muito mais crueldade que os outros dois.
    Com mais essa decepção, o velho burro quis voltar para o primeiro dono, mas já era tarde; ele já o tinha substituído por outro burro mais novo.
    .
    Moral da história: Quando muito se procura, sem saber o que realmente quer, acaba encontrando o que nunca procurou.

    Aquele que encontra descontentamento em um lugar dificilmente encontrará em outro.
    História contada por escravos reprimidos pelo seu senhor para se contentarem com sua situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Nosso e-mail: contato@informa.life | 12 98187-2658
Life Informa | São José dos Campos – SP
Avenida Cassiano Ricardo, 601 / Sala 123
Edifício The One – Jardim Aquarius
São José dos Campos – SP – CEP 12.246-870