Tem curiosidade de ver a chegada dos seus ancestrais em SP? Veja a Hospedaria de Imigrantes!

Migrantes na sala de matrícula da Hospedaria de Imigrantes do Brás. Final da década de 1930. / Crédito: Acervo Museu da Imigração/APESP

Ao chegar em São Paulo, imigrantes de várias nacionalidades passavam pela Hospedaria, no bairro do Brás, onde hoje funciona o Museu da Imigração, antes de irem para as fazendas do interior. Nos livros da hospedaria deixavam registrados seus dados pessoais como nome, idade, profissão e de qual navio desembarcaram em Santos, entre outros.

As páginas desses livros agora podem ser consultadas em formato PDF e baixadas no site do Arquivo Público. São cerca de 36 mil delas, associadas aos mais de 1,5 milhão de registros de nomes.

As imagens estão disponíveis na página de “Solicitação de certidão de desembarque com base nos livros de matrícula da hospedaria de imigrantes, do período de 1882 a 1973” e podem ser baixadas mesmo que o consulente queira apenas fazer uma pesquisa genealógica e não precise de uma certidão para obter dupla cidadania. Acesse: www.arquivoestado.sp.gov.br/web/acervo/solicitacao_certidoes/hospedaria.

Estas imagens são disponibilizadas ao público cerca de dez anos depois da ficha de cada imigrante ser colocada no banco de dados do site do APESP, após esforço conjunto de digitalização, transcrição e indexação de dados com o Museu da Imigração. Esta inserção foi possível agora com a ampliação da capacidade de armazenamento no site por meio do Programa Arquivo Digital.SP que, entre outras ações, pretende aumentar o acervo digitalizado disponível ao público até o final de 2022.

Dessa forma, o consulente ganha algo ainda mais valioso que é o registro manuscrito do momento em que seus familiares foram registrados na hospedaria dos imigrantes. Vale lembrar que o serviço de emissão de certidões continua disponível pelo mesmo link do site.

Com esta ação, o APESP proporciona uma nova experiência ao pesquisador e garante a transparência no acesso às informações de cada imigrante. Além da pesquisa para a obtenção de certidão, o conteúdo das imagens permite também a pesquisa genealógica e facilitará, futuramente, o cruzamento de dados sobre o perfil dos imigrantes.

Conforme explica o diretor do Núcleo de Biblioteca e Hemeroteca, Carlos Menegozzo, que coordena o Grupo de Trabalho com os acervos digitais sob a guarda do APESP pelo programa Arquivo Digital.SP, encontra-se em estudo a inclusão dos dados da Hospedaria em um novo sistema, o que ampliaria as possibilidades de pesquisa. “Estamos estudando a viabilidade de normalizar os dados disponíveis, para padronização de palavras-chave, e também a remodelagem de todo o banco de dados, o que possibilitaria pesquisas sobre imigração que vão além do objetivo da emissão de certidões”, explica Menegozzo.

LIFE | cotidiano - Publicado 12:06 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Tem curiosidade de ver a chegada dos seus ancestrais em SP? Veja a Hospedaria de Imigrantes!

  1. Wagner disse:

    Como assim descendentes?

  2. Luís Okamoto disse:

    Os nossos pais e avós não são nossos descendentes.
    São nossos ANCESTRAIS.

  3. Luciana disse:

    O correto é : ascendentes.

  4. Rubens Filho disse:

    Museu da Imigração é muito interessante. Vale a visita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *