São José registra 7 homicídios em intervalo de 10 dias no mês de agosto

Zona sul é a única região da cidade que não registrou homicídio no período; casos aconteceram entre os dias 5 e 15 deste mês

São José dos Campos registrou neste mês de agosto sete assassinatos em um intervalo de dez dias. Espalhados por quatro pontos da cidade, nas zonas norte, leste, oeste e centro, os crimes aparentemente não possuem ligação e aconteceram entre os dias 5 e 15 deste mês.

Primeiro, um adolescente de 15 anos foi encontrado morto no último dia 5, no Jardim das Indústrias, zona oeste de São José. Inicialmente, a polícia havia registrado o caso como morte suspeita, mas após perícia, a Polícia Civil descobriu lesões na cabeça e marcas de esganadura no pescoço do garoto, concluindo que se tratava de um homicídio.

No último sábado (10), criminosos roubaram um mercadinho no Altos da Vila Paiva, zona norte, e fugiram. No entanto, policiais encontraram os suspeitos e entraram em uma troca de tiros, quando um dos assaltantes foi baleado e morreu. No mesmo dia, uma adolescente de 17 anos desapareceu durante um “fluxo”. Dois dias depois, na manhã de segunda-feira (12), ela foi encontrada morta com sinais de violência na Estrada do Sertãozinho, também na zona norte de São José.

No dia seguinte, na madrugada de terça-feira (13), uma mulher de 50 anos esfaqueou e matou o companheiro na frente de policiais militares na rua das Ambrósias, no Jardim das Indústrias, zona oeste da cidade. A PM chegou ao local da ocorrência por volta da 1h. Enquanto conversavam com o homem, de 42 anos, na frente da casa, a mulher aguardava do lado de dentro do portão.

Durante a tentativa de mediação de conflito, a mulher saiu da residência com uma bolsa, deu uma volta na viatura e atacou o companheiro pelas costas utilizando uma faca de 17 centímetros. O SAMU foi acionado, mas o homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Na quarta (14), um homem foi morto pela Polícia Militar em uma troca de tiros no Banhado. O homicídio foi durante uma operação contra o tráfico de drogas na região.

Nesta quinta-feira (15), um policial militar aposentado de 51 anos morreu após ser baleado na cabeça na Vila Guarani, zona central de São José. Ele foi encontrado dentro de um carro pela PM e até chegou a ser socorrido para o pronto socorro da Vila Industrial, mas não resistiu e morreu. Há suspeita de que o homem possa ter sido vítima de um latrocínio. Este foi o primeiro roubo seguido de morte registrado em São José no ano.

Polícia Civil descarta briga entre facções

A Life entrou em contato com o Chefe Operacional do Deinter-1, Amauri dos Santos, que destacou que os casos não possuem ligação, tratando-se apenas de fatalidades. “São casos completamente isolados”, afirmou. Ainda de acordo com Amauri somente o caso envolvendo a menina de 17 anos assassinada na zona norte apresentou retaliação, feita por familiares da vítima. “Um parente foi o responsável por torturar os suspeitos no Banhado”, contou Amauri. Um foi preso e outro está internado no hospital.

LIFE | cotidiano - Publicado 11:19 | - admin

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

9 thoughts on “São José registra 7 homicídios em intervalo de 10 dias no mês de agosto

  1. Rubens Filho disse:

    Parabéns a polícia militar de São José dos Campos e a polícia civil. Pra cima da bandidagem e PCC. Não podemos deixar que o mal prevaleça. Combate ao aparecimento de milícias em SP, que no Rio de Janeiro, de longe são piores que o tráfico, que na verdade, já usam as táticas das milícias. Investiguem o Legislativo e Executivo.

  2. Ivan disse:

    Os policiais não cometeram homicídio. Só cumpriram com o dever.

  3. Italo disse:

    Cidadezinha além de muito feia é muito perigosa

  4. Cláudia Jorge disse:

    Precisamos mais policiamento nas ruas.
    Jdm das Indústrias está amedrontador… Principalmente à noite entre 23:00 hs e 2:00 madrugada próximo ao Colégio estadual, estadão e a escolinha infantil da Prefeitura.

  5. Darlene disse:

    e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.
    (2 Crônicas, 7:14) que Deus abençoe a vida dos policiais que lutam pela dignidade…

  6. Wilson Nogueira disse:

    É a cidade mais violenta do Estado de São Paulo
    Aqui tem mais homicídios que o estado de Nova Iorque e Nova Jersey juntos.

  7. Maria Aparecida Mendes disse:

    Só Deus

  8. Joel de oliveira disse:

    Parabéns pra zona sul a menos violenta…

  9. Igor disse:

    Em SJC existe tbm a região sudeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *