São José expande em 110% o número de pontos fiscalizados com radar

Com nova licitação, cidade aumenta de 80 para 173 pontos fixos; equipamentos começam a operar em dezembro, segundo secretário de mobilidade urbana

Sem radares desde julho – quando encerrou o contrato antigo -, a fiscalização eletrônica em São José dos Campos tem previsão de retorno para dezembro após a realização recente de uma nova licitação (veja matéria neste site). A novidade fica por conta do aumento considerável de radares pela cidade, que vai aumentar dos 80 que existiam até o meio deste ano para 173 pontos de fiscalização no final de 2017.

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (1) pelo secretário de Mobilidade Urbana, Paulo Guimarães, durante a terceira reunião do grupo “São José Unida” – que reúne as forças de segurança do município. Outra novidade é que todos os equipamentos farão registros fotográficos e também poderão identificar veículos dublês, furtados ou roubados e atrasos na documentação.

“Além da fiscalização, os novos radares ajudarão na coibição de crimes. Vamos fazer um convênio com a Polícia Militar para que ela tenha acesso ao banco de imagens”, destacou Guimarães.

Queda no número de mortes – O trânsito joseense vem apresentando queda neste ano em comparação com 2016. De janeiro a setembro de 2017 foram contabilizadas 24 vítimas fatais – ante 41 registradas no mesmo período de 2016, o que representa uma baixa de 41%.

LIFE | cotidiano - Publicado 17:25 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “São José expande em 110% o número de pontos fiscalizados com radar

  1. Marcel disse:

    Ótimo. Agora só falta o departamento de trânsito ou seja lá como se chama a secretaria que cuida disso melhorar a prestação de serviços. Em certos lugares e horários (como os cruzamentos em frente ao CTA embaixo do viaduto da Dutra ou na rotatória do Shopping Colinas) a coisa tá um caos, motoristas joseenses, inclusive de ônibus não respeitam a sinalização de conversão, tragam o cruzamento. No anel viário, respeito a velocidade e à distância do carro da frente inexistem. Não se vê uma ação de ordenação de trânsito. Esses crápulas só sabem multar, tanto é que no orçamento da PMSJC tem previsão de arrecadação com multas…ou seja, tem uma meta.
    Além disso, a secretaria de obras parece firmemente incumbida da missão de tirar a paciência de quem vai pela Avenida dos Astronautas de manhã, sentido Embraer. Deixam pra fazer qualquer intervenção simples bem no início da manhã.
    Incompetentes.

  2. Geraldo disse:

    Sumidoro de recursos.

  3. rafael silva disse:

    Desde Julho a cidade esta sem radar é o numero de mortes no transito diminuíram, ninguém comenta isso.

  4. Felipe disse:

    Indústria de multas. Radar no Brasil não é para educação, mas sim para punição. Ainda sim, somente os cidadãos de bem pagam por isso, pois os “infratores de carteirinha”, alcoólatras, drogados e bandidos continuam trafegando normalmente com suas “armas de 4 rodas” por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *