São José: Primeira cidade de SP a tratar 100% o esgoto

Novo sistema vai universalizar o saneamento no município e beneficiar 170 mil moradores

life-informa-sao-jose-tratamento-de-esgotoO governador Geraldo Alckmin inaugurou neste sábado (15) a nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Pararangaba, universalizando o saneamento básico do município de São José dos Campos que passa a ter 100% de cobertura de coleta de esgotos e 100% de tratamento. São José dos Campos passa a ser uma das três cidades com mais de 600 mil habitantes no país a ter o saneamento universalizado. “Entre as cidades com a universalização do saneamento, o Brasil só tem três: São José dos Campos, Curitiba e Uberlândia”, disse Alckmin.

As obras foram realizadas em duas estapas, totalizando 37 km de coletores-tronco, 26 km de redes de esgotos, 1.726 ligações domicialiares e 8 estações elevatórias (unidades de bombeamento). Com investimento de R$ 107, 8 milhões, o sistema vai atender 170 mil habitantes da região leste, que corresponde a 25% da população da cidade e região que mais cresceu nos últimos anos, Com as obras, foram gerados 600 empregos diretos e indiretos.

Os outros 75% da região já são atendidos pela Estação de Tratamento de Esgotos Lavapés, sistema que teve também sua capacidade duplicada de 585 litros por segundo para 1.168 l/s, em 2014. Para a realização da ampliação da ETE, foram investidos R$ 37 milhões.

O novo sistema de esgotamento sanitário de Pararangaba tem a capacidade de tratar 404 litros por segundo e também vai contribuir para a preservação de importantes cursos d’água, como os córregos Alambari, Pararangaba e Botujuru, além do Rio Paraíba do Sul, um dos principais mananciais do país, que abastece os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, totalizando 15 milhões de pessoas.

Melhoria da água do Rio Paraíba do Sul garante a volta dos peixes

Os avanços da coleta e tratamento de esgoto nos municípios operados pela Sabesp na região do  Vale do Paraíba garantiram a melhoria na qualidade da água e volta dos peixes no Rio Paraíba.

Na maior parte do trecho entre São José dos Campos e Queluz, o Rio Paraíba já atende o padrão Conama de rios classes I e II, se considerados os parâmetros DBO (Demanda Bioquímica de Oxigênio) e Escherichia Coli (grupo de bactérias), do relatório da Cetesb de 2015.  “O  Rio Paraíba está em toda sua extensão, de São José dos Campos até a divisa do Rio de Janeiro, classe II e até classe I, isso é que há de melhor para um rio”, finaliza o governador.

LIFE | destaques - Publicado 07:31 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *