Sábados de novembro terão arrastões contra Aedes aegypti

Será realizado nos quatro sábados de novembro um arrastão de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses (dengue, zika, chikungunya e febre amarela). O primeiro, neste sábado (4), será no bairro Bosque dos Eucaliptos, região sul da cidade, das 9h às 16h, com a estimativa de visita a 2.953 imóveis de 62 quadras.

Nesta ação estarão envolvidos 22 agentes de campo. Segundo o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), para a escola da região a ser trabalhada neste primeiro arrastão, foram considerados os dados parciais da ADL (Avaliação de Densidade Larvária) e também dos casos positivados no município nos últimos 2 meses. O resultado da ADL, realizada de 16 a 30 outubro, será divulgado na semana que vem.

O objetivo dos arrastões é retirar o maior número possível de criadouros, recolhendo objetos que podem acumular água, além de fazer uma varredura contra o mosquito.  Os agentes passarão de casa em casa orientando e auxiliando os moradores a recolher todo o material que pode ser descartado e aplicando larvicida em criadouros fixos. Um caminhão passará recolhendo todo o material.

Na ação a Prefeitura não vai recolher móveis, como sofás e camas. Apenas os criadouros, aqueles objetos que podem juntar água e, por isso, representam perigo por favorecer a proliferação do mosquito.

Campanha Estadual 

O município aderiu à campanha “Todos Juntos Contra o Aedes aegypti”, em atendimento à Resolução SS-84 de 29 de setembro de 2017, do Governo do Estado. Os quatro arrastões fazem parte desta campanha, conforme acordo estabelecido junto à Sucen (Superintendência de Combate às Endemias) e a Vigilância Epidemiológica do Estado.

Desde o início do ano, a Prefeitura vem intensificando ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. No primeiro semestre, foram realizados 13 arrastões, com o recolhimento de mais de 12 toneladas de materiais inservíveis (possíveis criadouros), e visitados cerca de 40 mil imóveis. A Prefeitura também preparou um extenso cronograma de capacitação e treinamento dos profissionais de saúde que atendem diretamente ao público.

Números 

São José dos Campos registrou 378 casos de dengue nos nove primeiros meses deste ano, o que significa uma redução de 76% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando houve 1.597 casos positivos no município.

Dos 378 casos de janeiro a setembro, 345 são autóctones (locais) e 33 importados. Apesar do baixo número de casos, a Secretaria de Saúde continua com ações educativas e preventivas em toda a cidade. O objetivo é manter a situação estabilizada até a chegada do verão e da temporada de chuva.

LIFE | cotidiano - Publicado 18:18 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *