Revisão da Vida Toda

Decisão é uma grande vitória para os brasileiros e visa o aumento dos valores das aposentadorias, pensões e auxílios daqueles que estão dentro do perfil

O STF recentemente confirmou uma decisão de fevereiro, por maioria de votos, aprovou a chamada “Revisão da Vida Toda”. Esta decisão, que é uma grande vitória para nós brasileiros, visa o aumento dos valores das aposentadorias, pensões e auxílios daqueles que estão dentro do perfil. Nesta matéria você vai saber o que de fato é essa revisão de benefício, quem tem direito a ela e como solicitar.

A “revisão da vida toda” é a possibilidade de aumentar o valor das aposentadorias, auxílios e pensões a partir do cálculo do benefício de toda contribuição social feita antes de 1994, além do direito em receber os valores atrasados dos últimos 5 anos.

O que ocorre é que o INSS só leva em consideração os valores referentes a moeda atual, o Real, prejudicando assim, os segurados que contribuíam antes dessa data. Com esta revisão, a previdência deverá levar em consideração a média salarial sobre todas as contribuições
vertidas pelo segurado.

Resumindo, até 13.11.2019, o INSS calculava a aposentadoria de acordo com a média de 80% dos seus maiores salários, a partir de julho de 1994. A “revisão da vida toda” é a solicitação dos segurados para que o INSS leve em consideração todos os seus salários de contribuição, mesmo antes do Plano Real.

Estima-se que pelo menos metade dos atuais beneficiários possuem direito a revisão, com aumentos significativos.

Quem se beneficia com a “revisão da vida toda” são aqueles aposentados, pensionistas ou contribuintes que recolheram sob bons salários junto ao INSS antes de 1994.

Considerando o prazo de 10 anos para a decadência do direito a revisão, todos aqueles que se aposentaram após dezembro de 2012 até novembro de 2019 devem ficar atentos.

Tem direito a revisão o aposentado por idade ou tempo de contribuição, beneficiados pela aposentadoria especial ou por invalidez, ou quem recebeu a pensão por morte entre os anos de 2012 e 2019.

Para solicitar a revisão do seu benefício é necessário, identidade, CPF, comprovante de endereço, carta de concessão da aposentadoria ou processo administrativo da concessão, extrato do cadastro nacional de informações sociais – CNIS, cálculo do tempo de contribuição, cálculo da RMI incluindo os salários de contribuição anteriores a julho de 1994 e o cálculo do valor da causa.

Consulte um advogado especialista em direito previdenciário de sua confiança.

Veja também

Editorial: Revisão da Vida Toda

 

 

LIFE | cotidiano - Publicado 12:30 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre no grupo de Whatsapp: Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.