LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

PRF apreende mais de um milhão de reais sem comprovação de origem na Dutra em Jacareí

Compartilhe a Life Informa:

PRF apreende mais de um milhão de reais sem comprovação de origem na Dutra em Jacareí

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na apreensão de mais de um milhão de reais em espécie na Rodovia Presidente Dutra, em Jacareí, na noite da última sexta(12). O montante foi encontrado durante uma abordagem de rotina realizada pelo Grupo de Patrulhamento Tático da 2ª Delegacia de São José dos Campos, que estava em um comando de combate ao crime.

Verifique facilmente, na palma da sua mão, informações atualizadas sobre o trânsito, ocorrências e avisos de utilidade pública: Siga o Canal Life Informa no Whatsapp!

Durante a fiscalização, os agentes abordaram um veículo Onix cinza, conduzido por um homem de 51 anos. Segundo relatos da PRF, o condutor apresentou nervosismo e informações contraditórias sobre o motivo de sua viagem, levantando suspeitas por parte da equipe policial. Diante dessa situação, os policiais decidiram realizar uma busca minuciosa no interior do veículo, onde encontraram uma caixa e uma mochila contendo uma quantia significativa de dinheiro em espécie.

Questionado sobre a origem do dinheiro, o motorista alegou que o montante era proveniente da venda de veículos. Ele afirmou ter transportado o dinheiro do Espírito Santo para São Paulo com o objetivo de comprar roupas para revender, porém não conseguiu concluir a transação e estava retornando ao seu estado de origem. Entretanto, o condutor não apresentou qualquer documentação que comprovasse suas declarações.


Diante da falta de comprovação da origem lícita do dinheiro, o veículo, o condutor e toda a quantia apreendida foram encaminhados à Polícia Federal de São José dos Campos. Na delegacia, a delegada de plantão determinou a apreensão do montante, que totalizou a impressionante quantia de R$ 1.062.010,00 (um milhão, sessenta e dois mil e dez reais).

As autoridades competentes estão investigando o caso para esclarecer a origem e a finalidade do dinheiro apreendido, bem como para verificar se há algum envolvimento em atividades ilícitas.

Adolescente é detido com arma de fogo após roubar carro

 

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos e Vale do Paraíba – SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre em nossos canais e facilite sua comunicação!
Para entrar no grupo Whatsapp: clique aqui
Nosso Novo Canal Whatsapp: clique aqui
Para entrar no canal Telegram: clique aqui 
Para seguir pelo Instagram: clique aqui
Para entrar no canal no YouTube: clique aqui
Denúncias, reclamações e informações:
Nossa redação 12 98187-2658

3 Respostas

  1. Dinheiro vivo assim não é rastreável por meios convencionais. Filhos do Bolsonarobosta que os digam.
    Com cerveja é lavagem de dinheiro para compra de imóveis caros, iates, carros de luxo, terrenos Agro, aeronaves, fazendas, armas, …., ou de políticos ou do crime organizado. E até pode para serem enviado para paraísos, dos mais diversas criminosos mundiais, fiscais. Como Panamá, ilhas Cayman, …

    1. Quanta agressividade.
      Parece que quem tem fama de colocar dinheiro em malas (51 milhões), na cueca, etc. são outras pessoas.

      1. Ué! Rsrsrs. Agressividade gera agressividade não é isso que o Bolsobostanaro ensinou, com a mãozinha de arma para o alto!? Mas estes da turminha da cueca e do dinheiro vivo no apartamento de Salvador também, é claro! De qualquer forma estava me referindo ao crime organizado.
        Operação Lava-Jato da Polícia Federal e Ministério Público : Uma das maiores iniciativas de combate à corrupção, à lavagem de dinheiro da história e à movimentação de recursos públicos desviados, que atuava em várias regiões do Brasil por meio de empresas de fachada, contas em paraísos fiscais e contratos de importação fictícios, iniciada em 2009 e deflagrada em março de 2014 pela Justiça Federal em Curitiba.
        Na época, a apuração foi de um esquema de lavagem de dinheiro envolvendo o ex-deputado federal José Janene (Londrina-PR), Alberto Youssef e Carlos Habib Chater (empresários apontados como doleiros responsáveis pela lavagem de milhões de reais) e a operação expandiu conforme o extenso esquema de lavagem e desvio de recursos públicos foi sendo descoberto como o grande esquema de corrupção envolvendo a Petrobras (maior empresa pública do país), vários políticos do país (principalmente do PP, PT e PMDB), as maiores empreiteiras brasileiras (Odebrecht, Andrade Gutierrez, OAS, Camargo Correia, Queiroz Galvão, Galvão Engenharia, Mendes Júnior, Engevix e UTC) e diversas empresas de outros ramos (redes de postos de combustíveis e lava jato, rede de hotéis etc). O esquema envolvia ainda grandes obras públicas de infraestrutura, como a construção da Usina Nuclear Angra 3, a Ferrovia Norte-Sul e as obras realizadas para a Copa do Mundo (reforma do Maracanã).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Nosso e-mail: contato@informa.life | 12 98187-2658
Life Informa | São José dos Campos – SP
Avenida Cassiano Ricardo, 601 / Sala 123
Edifício The One – Jardim Aquarius
São José dos Campos – SP – CEP 12.246-870