Porta voz das emoções

O filme “Divertida Mente”, ganhador do Oscar de melhor filme na categoria Animação, trouxe às telas do cinema muito clareza e informações sobre o tema “saúde mental”. Mas, o que isso tem a ver com Educação ou falta de paciência?
family-therapyComo se observa no enredo do filme, cada pessoa ao se desenvolver tem expectativa de maturidade, porém, muitos aspectos por diferentes motivos não evoluem. E podemos entender que estes aspectos são infantis, regressivos e passam a fazer parte da pessoa, com o seu lado criança, não aceitos e rejeitados. Para melhor compreensão seria o “Eu – criança” do adulto dominando e fazendo parte do dia a dia da pessoa adulta, segundo valores, emoções e perspectivas infantis, impedindo, assim, que o adulto caminhe de forma adequada.
Como terapeuta familiar, observo no meu trabalho que o indivíduo não consegue se relacionar de maneira madura e responsável, e sim o faz com comportamentos inadequados e infantis, que influencia todo o sistema familiar, trazendo consequências tristes, especialmente aos filhos e a sociedade.
Sabemos que existem muitos estudos sobre o assunto, e que toda criança sentiu-se ferida em algum momento da infância, como diz o terapeuta canadense Branden, “rejeitamos o nosso homem interior, ou seja, a ‘criança interior’, da mesma maneira como, talvez, as outras pessoas um dia rejeitaram”. E nossa crueldade para com nossa criança interior pode continuar diariamente indefinida durante toda a vida.
Seja a criança de um lar cristão, lar disfuncional, provinda de famílias funcionais ou não, com traumas mais profundos ou com infâncias saudáveis, em algum momento ela registrou imagens de forma negativa, causando-lhe dor e gerando feridas internas.

O que ocorre é que o amor não foi sentido de forma plena, o suporte esperado não veio, a proteção necessária não foi recebida, e a partir desta ferida, os sentimentos negativos são instalados. No decorrer da caminhada para a vida adulta, a tendência é desenvolver muitos boicotes para suportar a dor sentida e para se proteger de repetições, contribuindo assim para doenças psicossomáticas no corpo, e fazendo muitas transferências no seu dia a dia, como no trânsito, no trabalho e até nos seus relacionamentos. Afinal, falta-lhe conhecimento.
O papel do terapeuta tem sido fundamental, quando se coloca como um interlocutor entre os membros das famílias, e tem como foco, identificar os potenciais problemas da pessoa no sistema familiar de origem, sejam eles físico, emocional ou espiritual e que esteja afetando as emoções do individuo adulto.
Resgatar a criança interior ferida é um processo que envolve coragem e disposição para amá-la incondicionalmente, para que possa então, acessar e liberar os potenciais que muitas vezes estão congelados nas histórias de vidas, e poder trazer um novo sentido à vida, rumo à eternidade!

O assunto sobre Educação no Brasil começou a despertar interesse, e podemos conferir um documentário intitulado “O Começo da Vida“, que convida toda a nossa sociedade a pensar sobre os primeiros anos de vida das crianças. Este vídeo de animação dura apenas três minutos, mas traz informações que valem por toda uma vida.
Produzido pelo Center on the Develo-ping Child (CDC) da Universidade de Harvard, o documentário tem o objetivo de explicar como as experiências na Primeira Infância podem afetar a formação do cérebro da criança, e claro, refletir na Educação do Adulto!
É um exemplo de “tradução” de conhecimento científico para uma linguagem acessível a todos, que é feita pelo CDC, nos Estados Unidos, e agora será feita também pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, por meio da parceria com o CDC de Harvard, com a David Rockfeller Center for Latin American Studies, com a Faculdade de Medicina da Usp.

Valmira Duarte Botelho
Terapeuta de Família – Titular
Especialização em Terapia Familiar Sistêmica

LIFE | artigos - Publicado 12:09 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *