Ponte Estaiada interligará avenidas Jorge Zarur e São João

Ao custo total de R$ 64 milhões obtidos junto ao BID, obra vai otimizar o trânsito na região da rotatória do Colinas. Batizado de “Arco da Inovação” pela prefeitura, ponte terá curva catenária e representará um marco na engenharia de trânsito joseense

Foto: Divulgação PMSJC

Especulada desde a primeira gestão do ex-prefeito Eduardo Cury (PSDB), discutida e remodelada na gestão petista de Carlinhos Almeida, a aguardada ponte estaiada no Vidoca foi, enfim, confirmada pela administração municipal. Ao custo total de R$ 64 milhões, obra vai otimizar o trânsito na região da rotatória do Colinas. Batizado de “Arco da Inovação” pela prefeitura, a ponte terá curva catenária e representará um marco na engenharia de trânsito joseense.

O mastro central, segundo o engenheiro Catão Francisco Ribeiro, terá cerca de 100 metros de altura e representará um marco na engenharia de trânsito joseense. Catão também foi o responsável pelo projeto da ponte estaiada situada na Marginal Pinheiros, em São Paulo. “Uma das peculiaridades da obra joseense é que ela será feira em curva catenária. Será uma obra de arte especial, com cunho social que vai melhorar a mobilidade urbana da região”, revelou o engenheiro.

O megaempreendimento será financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). A previsão de entrega é de 14 meses a partir do início da construção. A definição da empresa responsável pela construção da ponte estaiada – batizada de “Arco da Inovação” pela prefeitura – acontece no dia 23 de maio. A assinatura do contrato e emissão da Ordem de Serviço estão previstas para ocorrer em junho. Pelo cronograma, a entrega será em agosto de 2019.

“A história da ponte estaiada começou lá em 2005, quando foi criada uma lei municipal autorizativa para obter empréstimos junto ao BID. Vamos construir o maior entroncamento da cidade que vai beneficiar 300 mil pessoas diariamente”, enfatizou o prefeito Felicio Ramuth em entrevista coletiva concedida no estacionamento de um shopping da região.

De acordo com números da secretaria de Mobilidade Urbana, 180 mil veículos passam pelo trecho diariamente com destino a todas as regiões da cidade. Referente ao transporte público, circulam pelo local 18 linhas e 60 mil trabalhadores em 1.246 viagens. Presente ao evento, o deputado federal, Eduardo Cury (PSDB) fez questão de enaltecer o projeto. “Fiquei muito feliz com a realização desta obra. Iniciamos a mudança da cara da região com a construção da rotatória do Colinas. A equipe do Felicio está de parabéns por conseguir tirar a obra do papel em um período econômico difícil em nosso país”, relatou o deputado.

Também estiveram presentes na coletiva o deputado estadual Helio Nishimoto (PSDB), vereadores da base aliada e secretários municipais.

Megaempreendimento – O projeto prevê que, sob a ponte na rotatória do Colinas, sejam construídos dois viadutos (superior e inferior), que servirão de ligação entre as avenidas Jorge Zarur (sentido bairro) e Cassiano Ricardo. Estes acessos ficarão em formato de “x”. O viaduto inferior terá 267 metros de comprimento e o superior, 349 metros.

Ponte do Senhorinha – Junto com a obra da ponte estaiada será feita, na avenida Jorge Zarur, a duplicação da ponte sob o córrego Senhorinha, no sentido da zona sul.

 

 

LIFE | cotidiano - Publicado 12:32 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *