Petroleiros de SJC entram em greve nesta quarta-feira, informa sindicato

Funcionários da Revap (Refinaria Henrique Lage) pleiteiam redução dos valores dos combustíveis e colocam-se contrários à privatização da Petrobras

Foto: rádio Piratininga
 O Sindicato dos Petroleiros de São José dos Campos e região informou que a classe entrará em greve por tempo indeterminado nesta quarta-feira (30). Segundo o comunicado, a greve é resultado de um processo que não começou agora, já que os petroleiros estão em estado de greve desde o dia 16 e já vinham demonstrando grande descontentamento com a política de privatizações do governo Temer e Pedro Parente, além de já denunciar há tempos a política implementada, responsável pelos frequentes aumentos no preço dos combustíveis e do gás de cozinha, que tanto penalizam a população. Fato este que acabou culminando na paralisação dos caminhoneiros.

 “É preciso conscientizar a população que tudo isso é consequência da atual política de desmonte do Sistema Petrobras, que passou a precificar o combustível  considerando as regras do mercado internacional. Por conta disso, a resposta à atual crise passa, impreterivelmente, pela luta por uma Petrobras forte e estatal”, disse o presidente do Sindipetro-SJC, Rafael Prado. Para os petroleiros, o fim da política atual de preços implementada pelo governo é fundamental e urgente, já que está mais do que provado que só beneficia o mercado estrangeiro.

“A saída é o governo aumentar nossa capacidade de refino, que está ociosa, e com isso diminuir as importações de derivados, medida fundamental para baixar os preços dos combustíveis. A solução está no combate à política entreguista de Temer e Parente, cujas medidas atendem única e exclusivamente o mercado internacional. A Petrobras é nossa e deve beneficiar o povo brasileiro”, disse Rafael.

Segundo ele, desta vez a greve não tem reivindicações econômicas para a categoria. “A greve, desta vez, não é por reajuste salarial ou PLR. Estamos cruzando os braços para mostrar para a população que nós, petroleiros, não aprovamos a alta do preço dos combustíveis e denunciar o que realmente está causando toda essa crise. As medidas anunciadas pelo governo não resolverão o problema”, disse.

FUP x FNP – Os petroleiros do país estão divididos hoje entre duas grandes federações: a FUP (Federação Única dos Petroleiros) e a FNP (Federação Nacional dos Petroleiros).A FUP também está chamando, para o dia 30, uma greve de advertência de apenas 72 horas. Já a FNP discorda dessa paralisação por tempo determinado, e está indicando greve por tempo indeterminado, com avaliações diárias do movimento. O Sindipetro-SJC responde à segunda federação.

 

LIFE | cotidiano - Publicado 10:45 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.