Parabéns, São José de Todos Nós. 254 anos de próspera história!

Cidade que respira tecnologia, São José ultrapassa a marca dos 720 mil habitantes e é sinônimo de crescimento com a segunda maior população do interior paulista

Foto: Adenir Britto / PMSJC

São José dos Campos é uma cidade que une cultura, tradição e tecnologia. No núcleo urbano estão localizados institutos federais de pesquisa científica, empresas de tecnologia de ponta, prédios de arquitetura arrojada, universidades, faculdades e centros de formação de mão de obra qualificada. Por outro lado, a zona rural concentra quase 70% do território do município, boa parte em áreas de proteção ambiental.
Trata-se do principal município da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e o mais importante polo aeronáutico e aeroespacial da América Latina. A população também preserva a cultura local, influenciada pela história dos bandeirantes, que traçaram pela região os caminhos rumo ao ouro das Minas Gerais, e dos tropeiros que vinham do sul do estado vizinho. Hospitaleira, a cidade recebe bem os migrantes de todas as partes, muitos dos quais participaram do crescimento local.
Preocupado em conectar todas as regiões da cidade, o portal da Life, informa.life, é pioneiro na produção de conteúdo jornalístico segmentando conforme as regiões de São José. Informação ágil diretamente para o público-alvo. Acesse!
Os primeiros moradores

As origens de São José dos Campos remontam ao final do século 16, quando se formou a Aldeia do Rio Comprido, uma fazenda jesuítica que usava a atividade pecuarista para evitar incursões de bandeirantes. Porém, em 10 de setembro de 1611, a lei que regulamentava os aldeamentos indígenas por parte dos religiosos fez com que os jesuítas fossem expulsos e os aldeãos espalhados.
Os jesuítas voltaram anos mais tarde, estabelecendo-se em uma planície a 15 quilômetros de distância, onde hoje está a Igreja Matriz de São José, no centro. Este núcleo, que deu origem à cidade.

De aldeia à vila

Em 1759, os jesuítas foram expulsos do Brasil, e todas as posses da ordem confiscadas por Portugal. Na mesma época, Luis Antonio de Souza Botelho Mourão, conhecido como Morgado de Mateus, assumiu o governo de São Paulo, com a incumbência de reerguer a capitania, mera coadjuvante num cenário em que Minas Gerais se destacava pela atividade mineradora. Uma das primeiras providências foi elevar à categoria de vila diversas aldeias, entre elas São José, com o objetivo de aumentar a arrecadação provincial.
Mesmo antes de se tornar freguesia, a aldeia foi transformada em vila em 27 de julho de 1767 com o nome de São José do Paraíba. Foram erguidos o pelourinho e a Câmara Municipal, símbolos que caracterizavam a nova condição. Entretanto, a emancipação política não trouxe grandes benefícios até meados do século 19, quando o município passou a exibir sinais de crescimento econômico, graças à expressiva produção de algodão, exportado para a indústria têxtil inglesa.

Zona Oeste – Com cerca de 40 mil habitantes, a Zona Oeste é a menos populosa de São José e uma das mais prósperas. É onde se localiza o bairro Jardim Aquarius, dentre outros como Jardim das Indústrias, Alvorada, Pôr-do-Sol, Limoeiro, Colinas e Urbanova. A área oeste possui uma seção específica no Portal da Life Informa e também é contemplada pelo principal veículo regional da região metropolitana do Vale do Paraíba: a Revista Impressa Aquarius Life.

Foto Adenir Britto / PMSJC

Zona Central – Com cerca de 90 mil moradores, a Zona Central concentra grandes avenidas e bairros tradicionais como Jardim Esplanada, Vila Ema, Vila Adyana, Apolo e São Dimas. Também fazem parte bairros antigos como Monte Castelo, Jardim Paulista e Bela Vista. A área central possui uma seção específica no Portal da Life Informa e também é contemplada pelo veículo regional, Revista Impressa Centro Life.

Foto Life

Zona Sul – Área mais populosa da cidade beirando os 290 mil residentes, a zona sul possui vias importantes como Andrômeda, Cidade Jardim e Bacabal. Considerada o mais novo centro econômico de São José, a zona sul pulsa sozinha, tendo um grande centro comercial, shoppings centers e opções de lazer e entretenimento. É uma área extensa que concentra bairros populosos como Parque Industrial, Jardim Satélite, Bosque dos Eucaliptos, Jardim Oriente, Colonial e Campo dos Alemães. A zona sul possui uma seção específica no Portal da Life Informa e também é contemplada pelo veículo regional, Revista Impressa Sul Life.

Foto PMJSC

Zona Leste – Área que faz divisa com Caçapava, a zona leste é a segunda mais populosa, com cerca de 220 mil habitantes. A área tem início nos bairros Vila Industrial e Vista Verde, passando pelo Santa Inês e indo até Eugênio de Melo. A zona leste possui uma seção específica no Portal da Life Informa.

Foto PMSJC

Zona Norte – Berço da migração mineira e com 80 mil habitantes, a zona norte é a área mais rural da cidade. Foi na zona norte que São José começou a ter seus grandes conglomerados de bairros como Santana, Altos de Santana e Jardim Telespark. Ainda hoje, a área norte concentra seu clima interiorano e possui uma seção específica no Portal da Life Informa.

LIFE | cotidiano - Publicado 12:08 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

One thought on “Parabéns, São José de Todos Nós. 254 anos de próspera história!

  1. Rubens Filho disse:

    Complementos: Aura terraque generosa
    “Generosos são os ares de minha terra”

    Clima – Tropical de altitude
    Altitude: 600 m
    1°: 1611- Aldeia de São José, ao redor da Vila de São Paulo de Piratininga(hoje a cidade de São Paulo) administrado pelos Jesuítas da Companhia de Jesus, no vale do rio Paraíba do Sul. 10km onde hj é o centro.
    2°: 1643 – Aldeia de São José foi transferida para onde é, hoje, a Praça do Padre João Guimarães, da Matriz, no Centro da cidade. 
    3°: 1653 – Aldeia de São José, passa a pertencer à Vila de Jacareí, criada naquele ano a partir do seu desmembramento da vila de Mogi das Cruzes e pertencente à Capitania de São Vicente.
    4°: 1767- 27 de julho, Aldeia de São José passa a ser denominada Vila Nova de São José quando se tornou vila.
    5°: 1767 – 27 de julho, a nova vila com o nome de Vila Nova de São José, depois Vila de São José do Sul, e, mais tarde, Vila de São José do Paraíba.
    Foram eleitos os 3°vereadores da nova vila, os quais eram índios, dando início à sua autonomia administrativa.
    6°: 1864 – 22 de abril, pela lei provincial nº 27, a Vila de São José foi elevada à categoria de CIDADE.
    7°: 1871 – A Lei provincial nº 47, de 4 de abril, mudou-lhe a denominação de “Vila de São José do Paraíba” para São José dos Campos.
    8°: 1872 – Pela Lei provincial n° 46, de 6 de abril, foi criada a Comarca de São José dos Campos-SP

    Sabia: Quem foi João Vitor Guzzo Strauss?
    O criador da bandeira de Sanja, em 1960, aos 15 anos, estudante do colégio João Cursino, foi vencedor do concurso público para eleger a bandeira municipal..

    Na zona Sul: na verdade a via Bacabal, sentido bairro é paralela a SP066 duplo sentido( com 2 nomes Rod. Henrique Eroles e Dr. João Batista de Souza Soares e pista do meio e a pista sentido centro é a Valparaíso.
    São 9 parques municipais SJC:
    •Parque Santos Dumont; 1971
    •Parque Vicentina Aranha; 27/07/2007. 1924. Últimos pacientes 1981. Do INAMPS 1990.
    •Parque Municipal Roberto Burle Max; 1996. Parque da Cidade
    •Parque Ribeirão Vermelho; 2017
    •Parque Alberto Simões; 2016.Era Parque Boa Vista.
    •Parque Alambari Kazuo Takanashi; 2008 Cultivo de flores e plantas ornamentais. Zona Sudeste – bairro Campos de São José.
    •Parque Natural Municipal Augusto Ruchi; 2010 PNMAR 1979-de Reserva Florestal Boa Vista para Horto Florestal. 1986 Reserva Ecológica Augusto Ruschi Capixaba-ecologista naturalista e agrônomo. Trabalhos contestados atualmente.
    •Parque Ecológico Sérgio Sobral de Oliveira; Oficial superior da aeronáutica CPOR, INPE e prefeito SJC em 1970. Visionário e inovador. O que fez SJC evoluir. ” São José dos Campos acompanha os passos do gigante”
    • Parque Caminho das Graças. Putim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *