Para oposição, ponte estaiada vai na contramão do conceito coletivo de mobilidade urbana

Vereador petista, Wagner Balieiro critica ausência de ciclovias no projeto e avalia que nova estrutura não aliviará trânsito de forma integral. “Não resolverá 100% do tráfego na rotatória do Colinas. Irá melhorar somente dois eixos de congestionamento”, afirma

Foto Life

São José dos Campos terá em 2019 uma ponte estaiada que ligará as avenidas São João e Vidoca (confira matéria neste site). O custo total será de R$ 64 milhões, que serão financiados com recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Para o vereador Wagner Balieiro, a obra vai na contramão do conceito coletivo de mobilidade urbana.

“As ciclovias não foram contempladas no projeto. O transporte público também não foi priorizado. Além disto, a ponte estaiada não resolverá de forma integral o trânsito na rotatória do Colinas, já que apenas dois eixos de congestionamento serão aliviados”, avaliou Balieiro. Segundo o vereador, o projeto da ponte estaiada demorou para ser concretizado.

“Ela deveria ter sido feita no início dos anos 2000 quando foi construída a rotatória. Economizaram no passado para gastar agora”, destacou o vereador, que também criticou a forma como a gestão atual vem tratando o BRT (Transporte Rápido por Ònibus), projeto de modelo de transporte que foi estudado durante a gestão de Carlinhos Almeida (PT), período em que Balieiro ocupou o cargo de secretário de Transportes.

“O projeto estava em vias de licitação e não teve continuidade. A prefeitura atual quer mudar todo o projeto do BRT, não somente alguns conceitos. Eu lamento muito a falta de prioridade ao transporte coletivo”, encerrou o vereador.

LIFE | cotidiano - Publicado 13:59 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

3 thoughts on “Para oposição, ponte estaiada vai na contramão do conceito coletivo de mobilidade urbana

  1. Robim Norihito Furukita disse:

    Concordo que a obra como proposta resolve somente 2 de 8 eixos de congestionamento.
    “… Além disto, a ponte estaiada não resolverá de forma integral o trânsito na rotatória do Colinas, já que apenas dois eixos de congestionamento serão aliviados”
    Recomendo a prefeitura avaliar uma solução que contemple os 8 eixos de congestionamento.
    Talvez um viaduto convencional com 4 alças de acesso resolva todos os 12 eixos de acesso

  2. Rogerio disse:

    as empreiteiras adoram essas invenções políticas que não resolvem nada e gastam rios de dinheiro público

  3. Ferreira disse:

    Esse Felício está sendo uma verdadeira infelicidade, pois sua administração com certeza é pior que a de Carlinhos e Curi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *