Eu não sei ser saudável

Por Thiago Vendramini

Foto: Pense Levemente

 

Algumas pessoas têm a falsa sensação de que o peso corporal é diretamente relacionado à qualidade da saúde.

Então, quando essas pessoas se veem fora do peso (imposto como) “ideal”, já se consideram não saudáveis, porque de forma inconsciente associamos saúde a um corpo bonito.

Assim temos a sensação que estamos sendo saudáveis apenas quando estamos indo pra academia, se exercitar no parque, com acompanhamento nutricional, etc…

Assim, o que vemos é que as pessoas usam momentos isolados para justificar uma vida desregrada em todos os outros momentos.

A saúde é a construção de hábitos saudáveis, portanto é a escolha consciente em cada momento do dia, e não apenas na hora de comer ou se exercitar.

Mesmo trabalhando nas diferentes áreas da Educação Física promovendo exercícios e hábitos saudáveis, vejo como primordial incentivar a felicidade e a verdadeira saúde e qualidade de vida.

O documentário Embrace (recomendo) no Netflix trata do sofrimento que a mídia e a sociedade impõem as mulheres ao forçar um padrão estético que atende ao mercado.

A tortura psicológica de se comparar e competir por um corpo inatingível leva mulheres do mundo todo a um sofrimento inevitável. Isso quando não chegam a casos extremos de Depressão, Anorexia, Bulimia e agora a moda é Ortorexia (obsessão por tudo que é “saudável”).

Até mesmo modelos e atletas com corpos esculturais se sentem imperfeitos e insatisfeitos com seu físico.

Infelizmente, no Brasil e em grande parte do mundo não se tem uma educação para a saúde, o que significaria preparar as pessoas para fazer escolhas conscientes e inteligentes sobre atividades físicas, alimentação, sono, parte emocional, hábitos, rotina, e etc…

O que vemos é a promoção da pratica esportiva (grandes eventos) e o mais comum de todos, as grandes promessas de resultado como “bumbum na nuca”, “abdominal trincando”, resultado de “1 ano em 2 meses”, dieta para “emagrecer 10 quilos em 1 semana”… já entendeu né? Rs Não dá pra começar a andar de bicicleta e querer descer uma ladeira perigosa.

Analogia…

A vida é igual andar de bicicleta, se você parar de pedalar, provavelmente cairá. É uma busca por equilíbrio o tempo todo. Por isso que não dá para parar sua vida para fazer uma dieta, nem tão pouco viver como blogueiro. A comparação com outras pessoas já seria o primeiro grau de sabotagem. Cada organismo é único.

O ideal é organizar sua rotina e tentar melhorar cada vez mais seu estilo de vida, independente de metas a curto prazo.

Tendo visto a dificuldade de adotar hábitos mais saudáveis e ter uma rotina melhor organizada, que respeite o tempo de evolução de cada um, foi que criamos o curso de Saúde Integral da Pense Levemente.

Nosso curso aborda os temas Autoconhecimento (quebrando os grandes mitos e te ajudando a identificar o que realmente gosta), Mudança de Hábitos (como se forma e coloca em pratica um novo hábito) e Prática (Treinamento Funcional, Corrida e Alongamentos, Atividades Saudáveis).

Saiba mais em www.penselevemente.com.br

Thiago Vendramini

Profissional da Saúde há 10 anos.

Professor de Educação Física

Pós-Graduado em Medicina do Esporte e da Atividade Física

Especializando em Psicologia do Esporte

Practitioner em Programação Neurolinguística

“Aprenda a equilibrar sua vida pessoal e profissional através da saúde integral e da mudança de hábitos”

 

 

LIFE | saude - Publicado 16:34 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *