Médico acusado de mandar matar ex-mulher, recebeu habeas corpus

Justiça concedeu nesta segunda-feira (25) um habeas corpus para que o médico Gustavo de Sá, acusado de mandar matar a ex-mulher Jaqueline Barros em São José dos Campos em maio deste ano

Jaqueline Barros (Foto: Reprodução/Facebook)

Gustavo foi preso pela Polícia Civil de São José em maio, uma semana depois do assassinato da vendedora. Ele teria pago R$ 7 mil pela execução da ex-esposa.  O ex-casal travava uma disputa judicial em um processo de divórcio.

O pedido de habeas corpus para deixar a prisão foi feito pelo médico no mês passado, ele ainda continua preso.

Lembre o caso: Por 7 mil reais vendedora foi assassinada; ex-marido foi preso

 

 

LIFE | cotidiano - Publicado 19:09 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *