Leste Life: Caminhões em local proibido prejudicam mobilidade em trecho da Estrada Velha

Carros são obrigados a cortar pela mão oposta; infrações vêm ocorrendo na Estrada Velha, entre o Terra Nova e o Jardim das Flores

Foto: reprodução Google

Infrações de trânsito cometidas por caminhões de grande porte vêm prejudicando a mobilidade em trecho da Estrada Velha entre o Terra Nova e o Jardim das Flores, na zona leste de São José dos Campos. Várias reclamações de motoristas que trafegam diariamente pela região foram enviadas à redação.

“Muitos caminhões ficaram parados na beira da pista. Eles têm parado, inclusive, a própria via, obrigando muitos que trafegam atrás a cortar pela mão contrária, ficando a pista local extremamente perigosa. Os caminhões também fazem a conversão em local proibido. São caminhões bem grandes. A preocupação é acontecer algo bem grave antes de tomarem providências. Essa situação tem acontecido com frequência”, afirma uma leitora.

Prefeitura

Em nota, a secretaria de Mobilidade Urbana informou – nesta quinta (28) – que os agentes da mobilidade irão ao local para verificar a situação mencionada e se constatada a irregularidade realizar um trabalho de conscientização e fiscalização.

LIFE | leste - Publicado 15:19 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

One thought on “Leste Life: Caminhões em local proibido prejudicam mobilidade em trecho da Estrada Velha

  1. Georges C. Costaridis disse:

    Um dia? E nos outros 364? Tem que saber por quê caminhões de grande porte estão por lá e não acredito que seja fato recente. Por quê será que todo mundo sabe o que tem que ser feito, menos quem é pago para saber?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *