Lei da Copa impulsiona ampliação do aeroporto joseense

Licitação será feita por meio do Regime Diferenciado de Contratações.  Obra deve durar um ano e será realizada com estruturas modulares; valores em sigilo

Finalmente o aeroporto de São José será ampliado. A expansão será licitada pelo governo federal por meio do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), criado em 2011 com objetivo de acelerar as obras necessárias para a realização da Copa do Mundo de 2014.
Uma das diferenças previstas nessa forma de licitar é que o edital, publicado pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), tem sigilo sobre o custo estimado, o que não ocorre nas licitações convencionais. Segundo a Infraero, o objetivo dessa modalidade de licitação é acelerar a contratação do serviço. A empresa informou ainda que os valores nesse tipo de contratação são informados apenas aos ‘órgãos de controle’ internos e externos.
O governo federal informou também que a ampliação do terminal não tem ligação com a demanda da Copa de 2014, prevê atender apenas o movimento já existente da região. A ampliação do terminal será concluída um ano após seu início e será feita por meio de módulos operacionais, estruturas modulares também conhecidas como ‘puxadinhos’, que vão abranger a área onde atualmente fica o estacionamento do aeroporto.
Conforme a Infraero, um novo estaciona-mento será criado em local próximo ao atual. A Infraero informou ainda que o terminal passará a ter uma área de aproximadamente 5.000 metros quadrados – atualmente o terminal tem 864 metros quadrados. No novo espaço serão construídos mais 14 balcões para o check-in, duas esteiras para as bagagens, três canais de inspeção de raio X e uma praça de alimentação.
A expectativa do governo é aumentar a capacidade do aeroporto para voos comerciais e para utilização de empresas para exportação e importação de produtos. Atualmente, o aeroporto opera com seis voos diários, com destino a Campinas, Belo Horizonte, Curitiba e Rio de Janeiro, atendendo a um público anual de 190,5 mil passageiros.
De acordo com o governo federal, o uso da pista do terminal continuará sendo compartilhado entre a Embraer e o Departamento de Ciência e Tecnologia (DCTA).

Copa pode trazer benefícios para a cidade – Além do aeroporto, o estádio Martins Pereira (ver matéria nesta edição) deve sofrer modernização, com o objetivo principal de abrigar a preparação de uma seleção durante o período que antecede o Mundial. Além disso, o secretário municipal de esportes, João Bosco, informou que está bem encaminhada a completa reforma do complexo esportivo do João do Pulo, no Jardim Satélite. O projeto deixará a pista de atletismo apta a receber competições internacionais.

LIFE | cotidiano - Publicado 07:04 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *