Hospital de Retaguarda será construído em 45 dias em área próxima ao Teatrão

Unidade que terá 40 leitos de UTI vai permanecer em atividade após a passagem da pandemia, podendo chegar até 60 leitos de UTI. Prefeito Felicio Ramuth fez o anúncio oficial na manhã desta sexta (29)

Boa notícia para a saúde pública de São José dos Campos. O prefeito Felicio Ramuth anunciou, na manhã desta sexta (29), a construção de um Hospital de Retaguarda em área localizada próxima ao Teatrão, na Vila Industrial, perto do Hospital Municipal. A nova unidade será construída em apenas 45 dias, terá 3.100 m² de área total e 1.554 m² de área construída.

“Ficará como legado para a cidade após a passagem da pandemia. Será o novo pronto-socorro do Hospital Municipal obedecendo os conceitos de sustentabilidade”, afirmou Felicio.

Valor

A obra foi estimada em R$ 12,9 milhões e será feita com a maior parte de recursos doados por empresas de São José que querem ajudar no enfrentamento à pandemia.

As empresas parceiras são: Farma Conde (R$ 2 milhões), grupo Spani Atacadista e Villarreal Supermercados (R$ 2 milhões), DM Card (R$ 2 milhões), Método Engenharia e Brasil ao Cubo (R$ 2,4 milhões).

A Prefeitura utilizará R$ 4,5 milhões de recursos próprios. A Urbam (Urbanizadora Municipal) dará apoio técnico à obra que terá início nos próximos dias.

Outras empresas que queiram fazer doações, sem contrapartida do Município, poderão manifestar o interesse em 15 dias, por meio do edital de chamamento que foi publicado no Boletim do Município, disponível no site oficial www.sjc.sp.gov.br.

Construção em tempo recorde

A construção modular feita pela Brasil ao Cubo em caráter definitivo será quatro vezes mais rápida do que o sistema tradicional de alvenaria.
Os chassis estruturais feitos em aço recebem paredes, teto, pisos, instalações elétricas, hidráulicas e tubulações de ar comprimido.O hospital já será entregue com os leitos.
A unidade será gerenciada pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina) que já é a responsável pelo HM.
A Secretaria de Saúde está colocando em prática a nova fase do plano de contingência para ampliar o atendimento aos pacientes com a covid-19.

A primeira etapa compreendeu a criação da ala covid, no HM, no lugar onde funcionava o ambulatório de pediatria (transferido temporariamente para o prédio do Centro de Reabilitação Lucy Motoro), que hoje comporta 50 leitos (sendo 34 de UTI).

A segunda etapa foi a criação de uma nova ala com 40 leitos de enfermaria, toda reformada e adaptada, onde antes funcionava uma antiga UTI do hospital. Ela está localizada numa ponta isolada do prédio, proporcionando maior independência e menor risco.

A construção do Hospital de Retaguarda foi deflagrada mediante estudo apresentado ao Comitê Municipal de Enfrentamento ao novo Coronavírus, em reunião realizada no dia 4 de maio de 2020, pelo Instituto Adolfo Lutz que apresentou um cenário preocupante para todo o Vale do Paraíba entre os meses de maio a agosto de 2020, com uma possível escalada dos casos.

Permuta polêmica

A área onde será erguido o Hospital de Retaguarda foi obtida através de uma permuta com o São José Esporte Clube. Os 30% da área total do Teatrão pertencente ao clube foram transferidos para outro local do complexo, mais centralizado. A permuta gerou críticas do Conselho Deliberativo da Águia, que alega não ter sido consultado sobre o negócio, e forte criticass de torcedores do São José e da Mancha Azul e TUSJ (Torcida Uniformizada do São José).

LIFE | cotidiano - Publicado 11:36 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Baixe nosso aplicativo para facilitar ainda mais o seu acesso.

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

6 thoughts on “Hospital de Retaguarda será construído em 45 dias em área próxima ao Teatrão

  1. LEONOR FELIX TEIXEIRA DE SOUSA disse:

    Até que enfim alguma preocupação com a saúde, não só de ponte estaiada vive um ser humano!!! A saúde em São José agradece!

    • Robson Falcão disse:

      Quando a ponte se iniciou não havia Pandemia. É Extremamente Válido fazer Crítica, desde que seja inteligente e construtiva, criticar apenas por criticar, sem qualquer critério, é Extremamente Nocivo à Democracia e ao Crescimento da Pluralidade de Opiniões. Por favor Sejam uma Esquerda Consciente e Inteligente.

      • Rodrigo Oliveira disse:

        Boa Robson, é que fila e reclamar são esportes de coração do brasileiro….kkk

  2. João Mário Antunes Pereira disse:

    Quase 12 milhões foram gastos com propagandas no ano de 2019. Ou seja, dinheiro de hospital agradando as midias que mais desinformam do que q informam

  3. Bruno disse:

    Que o MP fique atento…

  4. Marcos disse:

    Parabéns pela iniciativa de querer e poder construir algo em prol a sociedade.
    Gostaria muito de fazer parte da equipe desse projeto.
    Deus abençoe e ilumine a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *