‘Gangue da Marcha Ré’ furta loja na região do Putim pela segunda vez em 30 dias

Comerciante no prejuízo mais uma vez; ele reclama da dificuldade em acessar às imagens registradas pelas câmeras do COI – sendo que existem duas a menos de 30 metros da loja

Mais uma ação da “Gangue da Marcha Ré” foi registrada em São José dos Campos. O alvo desta vez foi um comércio de roupas na rua Miguel Cunha Barbosa, Jardim Santa Luzia, região do Putim, zona sudeste da cidade. A ação ocorreu na madrugada de domingo (4). A “Gangue da Marcha Ré” utilizou um veículo Fiat Strada Prata para arrombar a loja.

Segundo o proprietário da loja, o caso de domingo foi a segunda vez em menos de 30 dias que o comércio é alvo de furto em ações semelhantes. O prejuízo desta vez foi de cerca de R$ 10 mil. Ele contou também que existem duas câmeras da prefeitura localizadas a menos de 30 metros do estabelecimento, e que tenta – sem sucesso – ter acesso às imagens registradas pelos equipamentos.

A reportagem perguntou à secretaria de Proteção ao Cidadão como funciona o processo para que o munícipe ou comerciante alvo de furto tenha acesso às imagens flagradas pelo COI (Centro de Operações Integradas) da prefeitura. Esta matéria pode ser atualizada. A Life já publicou diversas matérias sobre ações da “Gangue da Marcha Ré” em São José dos Campos.

 

LIFE | cotidiano - Publicado 11:35 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

3 thoughts on “‘Gangue da Marcha Ré’ furta loja na região do Putim pela segunda vez em 30 dias

  1. Jan Robson disse:

    Lastimável São José dos Campos, com todas essas câmeras do COI .
    Câmeras do COI a 20 metros do local do roubo .

  2. Ewaldo disse:

    Se todo cidadão, após registrar B.O. numa Delegacia, entrasse com um processo contra a Polícia Militar (Governo do Estado) e contra a Prefeitura Municipal, fazendo doer no bolso dessas instituições, eles teriam porquê trabalhar direito e acabar com essa bandidagem! Enquanto ninguém precisar de dar satisfação ao cidadão, essa pouca vergonha continuará a mesma. “Segurança, um Dever Público e um Direito do Povo.”

  3. Bruno - oficial 👮‍♀️ disse:

    Bandidos 10 x 0 SJC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *