Seu filho sabe que você acredita na capacidade que ele tem?

Diante da simples pergunta “onde seu filho estuda?” ou “ele gosta de estudar?”, os pais geralmente disparam a explicar o porquê seus filhos não são os melhores da classe.
Seja por ansiedade, por necessidade de um desabafo ou por pura falta de prática, a tendência dos pais é imediatamente começar a falar sobre aspectos negativos da relação dos filhos com os estudos.

Por Roberta Bento
A expectativa dos pais em relação ao envolvimento dos filhos com os estudos tem uma enorme influência no desempenho escolar de crianças e adolescentes. E preciso manter seu filho ciente de que você acredita que ele é capaz.
Na prática, você, pai ou responsável pode:
– Ajudar seu filho a reconhecer as próprias qualidades e defeitos. No caso de filhos ainda crianças, isso pode ser feito através de brincadeiras ou jogos. Com adolescentes, você vai precisar se aproximar e, algumas vezes, quando a relação está distante, primeiro construir o caminho para poder se aproximar. Mas a pergunta simples é: o que você mais gosta em você e o que gostaria de mudar. Lembrando que não vale ficar nos aspectos físicos. Caso a resposta seja “gostaria de mudar meu cabelo, ou meu nariz”, demonstre que ouviu e parta imediatamente para o ponto com uma nova pergunta. Pode ser direta, “e na sua personalidade?” ou “das coisas que você faz ou fala, o que gostaria de mudar?”. Na maioria das vezes, entender a si próprio é algo tão pouco praticado que nossas crianças e adolescentes realmente não sabem por onde começar. Uma dica que pode ajudar é você falar sobre si mesma. Depois deixar que ele fale sobre ele.
– Começar a falar sobre seu filho a partir de pontos positivos que ele reconhece e que certamente gostaria que fossem valorizados. De forma inconsciente, nossos filhos querem sempre atender nossas expectativas. Quando percebem, por palavras ou atitudes dos pais, que não há grande esperança ou crença na capacidade de melhora, assumem o papel de maus alunos.
– Perguntar como podem mudar as características que eles mesmos veem como negativas. E nesse caso, nem precisa que eles respondam. Esse papo vai ajudar para que você descubra que seu filho também está insatisfeito com algumas de suas próprias atitudes ou com os resultados obtidos. Além disso, o auto conhecimento é um dos fatores que mais podem ajudar para que o próprio aluno sinta-se capaz de assumir a responsabilidade que lhe cabe nos estudos.
Então, vamos tentar novamente: seu filho gosta de estudar? como é a relação dele com os estudos?

veja mais: www.soseducacao.com.br

 

LIFE | educacao - Publicado 10:18 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *