Feminicídio: Julgamento do acusado pela morte da professora Priscila Tatiana começa nesta sexta

Manifestação pedindo justiça para Priscila está marcada em frente ao Foro Criminal da Barra Funda, em São Paulo

Foto: Resistência feminista/Manuela Moraes

Após longos 7 meses de espera tem início nesta sexta-feira (05/03), no Foro Criminal da Barra Funda, em São Paulo, o julgamento do suspeito pelo assassinato da professora da rede municipal de São José, Priscila Tatiana, de 28 anos.

O feminicídio ocorreu no dia 17 de julho, quando a professora fez seu último contato por telefone com a família enquanto fazia compras em um supermercado na região leste de São José dos Campos e não retornou mais. Ela foi levada por seu ex-companheiro Robson Fernandes, de 34 anos, até São Paulo (SP), onde teria sido morta carbonizada após uma discussão. O homem foi preso em agosto, suspeito da morte. Juntos, os dois tiveram dois filhos.

Movimento de mulheres, familiares e amigos, saíram de São José na manhã de hoje para realizar uma manifestação em frente ao local do julgamento. O pedido, é por justiça à Priscila Tatiana.

Pedidos por justiça

No dia 16 agosto, em 2020, amigos e familiares, junto à mobilização da sociedade, se vestiram de branco e carregaram cartazes e bexigas pedindo prisão para o ex-marido, na época, foragido. O protesto reuniu mais de 100 pessoas.

Números da violência contra a mulher em São José

Dados do Governo do Estado mostram que somente no ano passado, a Delegacia da Mulher de São José registrou 1881 boletins de ocorrências. 991 medidas protetivas foram solicitadas. Em 2021, na unidade, já foram notificados 247 boletins de ocorrências e 160 medidas protetivas.

Parte do movimento “8 de Março”, com a campanha “Mulheres na Luta pela Vida”, cobra o funcionamento da Delegacia da Mulher por 24h. Atualmente, o Estado de São Paulo conta com 136 DDM, sendo que somente 10 funcionam 24h.

LIFE | cotidiano - Publicado 14:45 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

2 thoughts on “Feminicídio: Julgamento do acusado pela morte da professora Priscila Tatiana começa nesta sexta

  1. Rodolfo Cruz disse:

    Sou pai de Priscila Tatiana… agradeço muito pela divulgação dos fatos…. agora pedimos justiça por todas vítimas de FEMINICIDEO…o Brasil… precisa mudar e a justiça tomar um rumo na direção de penas e condenações que enibam este crime hediondo praticado em larga escala contra as mulheres…..

    • Redação disse:

      Senhor Rodolfo, que Deus alivie os corações do senhor e de toda a sua família. A Justiça será feita. Ao menos, será um alento em um momento de profunda dor. O marginal irá pagar pelo que fez. Aqui na terra e no céu. Muita paz e força. Fiquem com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *