LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Engenheiros alegam dificuldade para evitar taxa sindical de 5% do salário

Compartilhe a Life Informa:

Profissionais precisam ir até a sede do sindicato e levar uma carta informando que se opõem ao desconto de 5%. “Fiquei duas horas. O sindicato tenta lhe convencer a aceitar a taxa”, afirma engenheiro joseense

Engenheiros alegam dificuldade para evitar taxa sindical de 5% do salário
Engenheiros alegam dificuldade para evitar taxa sindical de 5% do salário / Foto: Life

Uma nova cobrança à classe dos engenheiros vem gerando críticas dos profissionais de São José dos Campos. Uma Convenção Coletiva de Trabalho assinada com a FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) em 10 de agosto permite um desconto de 5% dos vencimentos (veja abaixo), desde que a cobrança tenha o aval do profissional. Nesta terça (22) centenas de engenheiros foram até o sindicato da categoria, na Vila Adyana, para informar que são contrários à cobrança. Mas, eles encontraram lentidão por parte do sindicato.

“Tenho que vir pessoalmente, trazer uma carta em duas vias para ser carimbada confirmando que me oponho à cobrança. A lei trabalhista diz que só contribui quem quer, mas o sindicato tenta nos convencer a aceitar a taxa, eles tentam fazer uma lavagem cerebral. Estou há duas horas na fila. Muitos desistiram e foram embora”, desabafa um engenheiro à Life.


A reportagem foi até o sindicato, mas nenhum representante do órgão quis conversar. A cobrança começa nos vencimentos de setembro.

Contribuição Negocial – Direito de Oposição

 O Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP) assinou, em 10 de agosto de 2023, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com a FIESP, com vigência no período de 01 de maio de 2023 a 30 de abril de 2024.

De acordo com deliberação da assembleia geral de trabalhadores, foi aprovada contribuição negocial a ser descontada de todos  os engenheiros das empresas da base da FIESP no Estado de São Paulo como contrapartida pela participação do SEESP na celebração da CCT.

A contribuição negocial corresponderá a 5% do salário, a ser quitada com desconto em folha, em duas parcelas da seguinte forma: 3% (três por cento) juntamente com o pagamento do salários do mês de setembro de 2023 e 2% (dois por cento) com o pagamento do salário do mês de outubro de 2023.

Os(as) engenheiros(as) que desejarem manifestar sua oposição ao desconto da contribuição negocial deverão comparecer presencialmente no sindicato, das 10h às 11h30 ou das 13h30 às 16h30, munidos do documento de oposição a ser protocolado, no qual deverá constar seu nome, RG, CPF e identificação da empresa.

O direito de oposição deverá ser exercido em 20 dias contados a partir da data de assinatura da norma coletiva, portanto até dia 30 de agosto de 2023.

Veja também

Trabalhadores da Embraer dividirão indenização de R$ 800 mil por compensação irregular de horas durante greve – Life Informa

 

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos e Vale do Paraíba – SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre em nossos canais e facilite sua comunicação!
Para entrar no grupo Whatsapp: clique aqui
Nosso Novo Canal Whatsapp: clique aqui
Para entrar no canal Telegram: clique aqui 
Para seguir pelo Instagram: clique aqui
Para entrar no canal no YouTube: clique aqui
Denúncias, reclamações e informações:
Nossa redação 12 98187-2658

39 Respostas

  1. Uma taxa de 5% do salário minimo seria razoável. Mas do salário nominal é realmente inaceitável!

    1. Justo o cacete. Paga quem quer.
      Não basta o tanto que se desconta? Só de taxa da categoria pagamos este ano quase 700 reais. Pra manter um monte de carrapatos que vivem do nosso sangue.
      Mas é bem feito! Cansaram de avisar que essa quadrilha iria voltar com todas as armas.
      É já que vem aquela suvaco cabeludo vomitar um monte. Mas até agora não falou nada do aumento dos combustíveis, do corte de mais de 300 milhões da saúde/educação…
      Estão contentes agora, vocês asnos que fizeram o L?
      Chuuuuupa!

      1. Kkkkkkkkkkkk… choooora adorador de miliciano genocida ladrão, essa determinação de desconto de 5% foi feita em 2022, não é deste ano, foi apenas ratificada. Todo bolsonarento tem a capacidade intelectual limítrofe, o negócio de vocês é cantar hino nacional pra pneu, piscar lanterna pra extraterrestre e defecar na mesa dos outros. Hahahah…
        https://www.seesp.org.br/site/index.php/comunicacao/noticias/item/21446-contribuicao-negocial-direito-de-oposicao-sinaenco

        1. Hahaha. Falei que a suvaco cabeludo apareceria dizendo que era coisa do bozo?
          Essa quadrúpede não é capaz de entender que sindicato é uma quadrilha de onde saiu o rato que decepou um dedo para receber aposentadoria e virou encantador de burros.
          Essa égua deve receber alguma bolsa deles: ou de prisão, bolsa família ou só é marmita mesmo.

          1. Fala aí RABINH0 depiladinho, tá nervosinha BEE? Já te disse que marmita é sua progenitora, marmita de vagabundo, que deixou um debilóide lixo sair pela cloaca!!!! Kkkkkkk… “aaaaainnnn fazuele” … kkkkkkkk… sendo que a determinação é de 2022, durante o governo do miliciano genocida ladrão de jóias…. tu gosta mesmo é de uma unha do dedão do pé roçando no seu calcanhar… assuma redpill hahahahaha….

          2. Em tempo gazelinha: TIC TAC TIC TAC… CHORAAAAAAA… KKKKKKK… se rasga toda, gazela misógina

        1. Vagabunda que apoia MILICIANO ladrão de jóias e do dinheiro público, essa determinação de desconto de 5% pro sindicato é de 2022, anta, só foi ratificada este ano! Kkkkkkkkkkk

    1. JUsto porque?? Sindicato não faz nada por categoria nenhuma.É apenas cabide de emprego e jeito de um monte de gente ganhar dinheiro sem trabalhar

  2. Esse é o desgoverno atual, fazuele ! Pois enquanto o governo passado cortou essa mamata desses sindicalistas o Lules voltou a autorizar esses sindicatos novamente pra ficarem ganhando sem fazer nada!! Bando de atoas

    1. Essa decisão é do ano passado, que eu saiba 2022 era desgoverno do Jair miliciano. Mais uma defecando no teclado, não tem nada a ver com o Lula.

    1. É efeito do desgoverno do miliciano, já que a determinação é de 2022 e só foi ratificada este ano. Mais um defensor de ladrão do dinheiro público, infeliz que não sabe o que diz.

    1. Assim como o fulano que se diz presidente dos trabalhadores. Todos bandidos e roubando na cara dura

      1. Indignada? Sua indignação é com a pessoa errada, como todo bolsonarento não sabe o que diz, esse desconto de 5% foi acordado no ano passado, em 2022 e não tem naa a ver com Lula! E LADRÃO é o seu MICO, miliciano e ladrão do dinheiro público, muambeiro de luxo, prestes a ir pra Papuda junto com a Micheque. Falsos cristãos adoradores do bezerro de ouro.

        1. Toma vergonha na sua cara e vai estudar. Primeiro que nao sou Bolsonarista e muito menos petista burra igual voce, que deixa fazer lavagem cerebral. Tenha opniao concreta e pare de usar artimanhas baixa.SINDICATO É BANDIDO SIM IGUAL SEU PRESIDENTE.

          1. BURRA é pouco pra você, culpa o governo atual por uma decisão do governo anterior. Não lê, não se informa, capacidade intelectual de um protozoário. Agora que a podridão está sendo descoberta, ninguém se assume bolsonarista…. kkkkkkk…

          2. Essa marmita de sem terra recebe da quadrilha pra ficar aqui repetindo essas baboseiras que vivem repetindo. Vai comprar um barbeador pra passar nesse sovaco, botinuda. Porque cérebro você não tem mesmo.
            Estudar também não vai poder porque o ladrão que é o seu mentor desviou 320 milhões da educação e saúde. Quer dizer, vai continuar burra e doente.

  3. Na primeira votação q teve eles colocaram esse item numa cláusula separada, como teve 100%de rejeição,
    eles colocaram junto com as demais cláusulas essa cobrança e passou desapercebido, então na próxima votação vamos rejeitar a cobrança.

  4. Canadá tem bastante vaga…já engenheiro petista pode ficar….a coisa vai melhorar…confia…tiraram o Genocida….abraça o Capeta e sejam felizes….kkkkkk ou qq coisa muda pra Argentina….Topzera tb ….kkk

  5. Nós deveríamos informar a nossa empresa que não estamos de acordo em descontar em folha. Ir ao sindicato fazer isso é um absurdo! O sindicato quer ganhar dinheiro fácil! Avisa eles para irem trabalhar igual a gente!!!

  6. Poderia ser contribuição voluntária. O profissional rala o mês todo, dá o sangue pra ter seu salário no final do mes pra vir essa cambada de sindicalista e levar assim fácil? negativo! se falta dinheiro pra essa turma vão procurar emprego e aprender a trabalhar. Reflexo do governo que só mama na classe que trabalha. Vagabundos!

  7. Não sei se ainda persiste mas o RH da empresa era orientado a não informar os dias em que teria o profissional que se dirigir ao sindicato com declaração de próprio punho e em 3 vias para que não fosse descontada a contribuição sindical , o que é uma baita sacanagem.

  8. Inversão de valores. Vc tem que ir ao sindicato dizer que ACEITA a cobrança e não o contrário. Tem que haver suposição a favor do trabalhador e não hpa favor do sindicato

  9. Nossa, quantos engenheiros por aqui. Falou em sindicato, tudo é culpa do Lula…. kkkkk… esse desconto de 5% é absurdo por ser uma imposição, mas a decisão não é nova, é do ANO PASSADO, 2022!!!!! A Convenção Coletiva de Trabalho foi assinada em 2022 e apenas ratificada em 2023!!!!!! Matéria de 30/09/2022 – seesp.org.br : “O Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP) informa a todos os engenheiros e engenheiras das empresas da base do SINAENCO no Estado de São Paulo, que foi assinada, em 29 de setembro de 2022, Convenção Coletiva de Trabalho, com vigência no período de 01 de maio de 2022 a 30 de abril de 2023. De acordo com deliberação da assembleia geral de trabalhadores, foi aprovada contribuição negocial a ser descontada de todos os engenheiros e engenheiras das empresas da base do SINAENCO no Estado de São Paulo como contrapartida pela participação do SEESP na celebração da Convenção Coletiva de Trabalho. A contribuição negocial corresponderá a 5% do salário, a ser quitada com desconto em folha, em duas parcelas mensais, iguais e consecutivas, correspondentes a 2,5% do salário.”

    1. Essa explicação não bate… Se foi assinada em 2022 e tem vigência de 1 ano, então não vale mais…
      E porquê até ano passado não tivemos esse desconto?
      A verdade é que o governo anterior acabou com essa farra. Se o sindicato quisesse recolher a contribuição, tinha que pedir autorização do contribuinte e não o contrário.
      Isso é uma vergonha…

      1. Qual parte você não entendeu de “a Convenção Coletiva de Trabalho foi assinada em 2022 e apenas ratificada em 2023”? Essa determinação foi criada no ano passado e ratificada este ano.

      1. Deixe Deus fora disso, adoradora do bezerro de ouro. Inteligente deve ser você, apoiadora de um miliciano genocida ladrão de jóias da União. Também cantou Hino Nacional pra pneu? Kkkkkk… Seus coleguinhas estão na PAPUDA, ainda tem lugar pra você se quiser.

  10. Neto gazelinha, blow job preferido de miliciano, marmita de ladrão de jóias continua defecando no teclado, não aprende essa louca. Faz a festa dos presos essa gazela… kkkkkkkkkkk…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Nosso e-mail: contato@informa.life | 12 98187-2658
Life Informa | São José dos Campos – SP
Avenida Cassiano Ricardo, 601 / Sala 123
Edifício The One – Jardim Aquarius
São José dos Campos – SP – CEP 12.246-870