Editorial ABA – Associação de Moradores e Amigos do Bairro Aquarius

Espaço cedido para Associação de Moradores e Amigos do Bairro Aquarius

Passagens e vielas – O projeto ABA Vielas irá focar na falta de segurança em 2023.
Para tratar deste tema iremos contatar secretarias municipais e a segurança pública, assim como síndicos dos prédios adjacentes para discussão do tema.

Feira de Artesanato na Praça Ulisses Guimarães
Após conversar com os artesãos da feira a ABA se reuniu com o secretário da Inovação e Desenvolvimento Econômico, Alberto Alves (Mano) para entender os processos administrativos pertinentes. Na sequência iremos ouvir a população do bairro.

Doações e Apoiadores da ABA
A ABA é composta por voluntários, amigos e moradores do bairro Aquarius e ela necessita de recursos financeiros para mantê-la ativa e regularizada perante os órgãos públicos. Necessitamos de voluntários para operacionalizar as atividades em 2023. Os interessados devem contatar através do e-mail: aquarius.aba@gmail.com.

Em 2023, continuaremos o bom relacionamento e diálogo dos temas do bairro com a prefeitura, órgãos de segurança e concessionárias.
Almejamos um bairro com uma infraestrutura de serviços públicos adequada, com segurança, mobilidade e harmonia com a natureza.
A ABA conta com você, morador e amigo do Bairro Aquarius com opiniões e sugestões para manter e melhorar o nosso bem estar.

PARTICIPE DA ABA – mande sua sugestão ou crítica para o e-mail: aquarius.aba@gmail.com

LIFE | aquarius-life - Publicado 13:22 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre no grupo de Whatsapp: Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Editorial ABA – Associação de Moradores e Amigos do Bairro Aquarius

  1. Valdemir jose teixeira disse:

    Ola boa noite ñ moro no j.Aguarius mas utilizo a via oeste sou ciclista .observo varias coisas q podem ajudar muito os moradores dessa região. Gostaria muito de ser um voluntario fazer parte desse projeto humanitario do ABA.ESTOU A DISPOSICAO.

  2. Rodrigo Ferreira de Carvalho disse:

    Eu gostaria de entender essa implicância com a feira de artesanato.. sério mesmo..
    Temos no bairro uma feira pequena e com artesanatos de ótima qualidades, pessoas gentis e educadas, trabalhando e enfeitando nossa praça.
    Vejo famílias do bairro passeando tranquilamente pela praça e observando os produtos vendidos, às vezes comprando, outras somente observando..
    E em nada a feira prejudica a praça, pelo contrário, a socializa, praça vazia, todos sabemos, é sinônimo de insegurança..
    Então melhorem nessa visão de bairro que vcs dizem representar..
    Essa visão não é da maioria do bairro

  3. Ademir Franco da Cunha disse:

    No Aquarius o que eu percebo é um desrespeito às leis de trânsito por motoristas e motociclistas os carros não respeitam os 5 metros para estacionar em esquinas, as motos não respeitam sinal vermelho. E também muitos carros dos coletores de Recicláveis sem a mínima condição de segurança, andam sem nenhum problema cheios de materiais…um Absurdo..

  4. xaro disse:

    No Aquarius calçada (ou passeio) é um estacionamento, na verdade. Alguma lei municipal (ou estadual?) converteu todos os passeios em estacionamento de carros e o pedestre que transite na rua, ou dê um jeito de passar apertado entre os carros estacionados e o muro.
    Outra coisa é que a regra é clara: se o espaço cabe seu carro, pode estacionar! Não importa se é em esquina, frente de garagem, meio-fio rebaixado, etc. Cabe? Então pode.
    Finalmente, a buzina é item obrigatório. Para que esperar 10 segundos para seu porteiro te ver na entrada ou saída da garagem? A vida é breve. Meta a mão na buzina para deixá-lo esperto. Não importa se é 6 de uma segunda-feira ou uma manhã de domingo. Mande bala. Uma buzinada forte ou várias curtinhas. Você está no seu direito de não se atrasar e os vizinhos que se acostumem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.