Desenvolvido pelo ITA em parceria com a Nasa, satélite “SPORT” é lançado rumo à Estação Internacional Espacial

Lançamento ocorreu no Centro Espacial Kennedy (KSC), na Flórida; missão principal é investigar anomalias magnéticas da Terra, na região do Atlântico Sul

Desenvolvido pelo ITA em parceria com a Nasa, satélite SPORT é lançado rumo à Estação Internacional Espacial
Desenvolvido pelo ITA em parceria com a Nasa, satélite SPORT é lançado rumo à Estação Internacional Espacial / Foto: space.skyrocket.de

Produzido pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronátuica), o satélite brasileiro SPORT (Scintillation Prediction Observations Research Task ou “Tarefa de Pesquisa de Observações de Previsão de Cintilação”) foi lançado no sábado (26), em uma parceria da Agência Espacial Brasileira (AEB) com a Nasa.

A decolagem aconteceu do Centro Espacial Kennedy (KSC), na Flórida — a mesma base de onde partiu a missão Artemis para a Lua, há duas semanas. O mini satélite pegou carona na missão CRS-26, de reabastecimento da Estação Espacial Internacional (ISS).

O SPORT é um CubeSat 6U, com capacidade limite de 6 litros e até 9kg, voltado para pesquisas científicas na ionosfera. A missão é investigar anomalias magnéticas do Atlântico Sul, coletando dados para o estudo dos efeitos das tempestades solares, que ocasionam perturbações como as bolhas de plasma que prejudicam as comunicações e os sinais de GPS, com o risco de comprometer a segurança e infraestruturas críticas do país.

O nanossatélite foi desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em parceria com a NASA, com instrumentos científicos providos pelas Universidades Estaduais de Utah, do Texas e do Alabama; e pela empresa Aerospace Co. Os testes de integração e a operação contam com o apoio do Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (INPE).

Os dados captados pelo satélite serão usados pelo Programa de Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (Embrace), coordenado pelo INPE. Nos Estados Unidos, o SPORT está sob a responsabilidade do Marshall Space Center da NASA, em Huntsville, Alabama.

Em julho deste ano, o SPORT passou por uma revisão de pré-embarque realizada pelo Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE. Essa etapa foi necessária para que o satélite fosse enviado aos Estados Unidos, para os aprontos finais de lançamento, sob responsabilidade da NASA.

O nome do Satélite

Embora a sigla SPORT seja um acrônimo para “Scintillation Prediction Observations Research Task”, o nome do satélite também é uma homenagem ao time de futebol SPORT Clube de Recife. O líder da divisão de Clima Espacial da NASA, Dr. Jim Spann, foi o responsável por nomeá-lo.

O Dr. Spann cresceu em Recife, Brasil, e o seu amor pelo time nunca desvaneceu. Ele e seu pai foram sócios no Sport Clube com uma carteira familiar. Em relação ao nome, seu objetivo não era apenas homenagear a sua equipe favorita, mas também promover a educação espacial para a próxima geração. As informações são da Agência Brasil.

Veja também

Caminhonete é consumida pelo fogo na avenida Benedito Matarazzo e trava trânsito

 

 

LIFE | cotidiano - Publicado 22:34 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre no grupo de Whatsapp: Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

One thought on “Desenvolvido pelo ITA em parceria com a Nasa, satélite “SPORT” é lançado rumo à Estação Internacional Espacial

  1. Rubens Filho disse:

    E a China construindo sua própria estação espacial para desvincular da Estação Espacial Internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.