LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Caso Fox: Justiça torna réu tutor de terrier que atacou spitz alemão

Compartilhe a Life Informa:

MP-SP acusa Umberto de coagir as tutoras do cão Fox durante o caso, mas a juíza negou o pedido de prisão preventiva para ele

A Justiça de São José dos Campos aceitou a denúncia do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) contra Umberto Vieira Ghilarducci, tutor do bull terrier responsável pelo ataque fatal ao cachorro Fox no ano passado. A decisão foi tomada pela juíza Beatriz Afonso Pascoal Queiroz da 3ª Vara Criminal da cidade e tornada pública em março.

O MP-SP acusa Umberto de coagir as tutoras do cão Fox durante o caso, mas a juíza negou o pedido de prisão preventiva para Umberto. Ele e um amigo, Vinícius Rodrigues Marques, acusado de envolvimento na coação, têm um prazo de 10 dias para responder às acusações.


Em relação ao bull terrier, após uma perícia que indicou que o animal era dócil com humanos, mas apresentava um instinto de caça exacerbado, o Ministério Público alterou a classificação do crime de maus-tratos para omissão de cautela, solicitando a liberdade provisória de Umberto. A defesa afirmou não haver necessidade de recurso e que Umberto responderá às acusações.

Umberto, que estava foragido desde outubro, foi preso em dezembro em Pouso Alegre (MG) após ser monitorado pela Polícia Civil de São José dos Campos. O bull terrier também foi apreendido junto com Umberto. Infelizmente, Fox, o cão Spitz Alemão atacado, faleceu devido às complicações das lesões.

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos e Vale do Paraíba – SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre em nossos canais e facilite sua comunicação!
Para entrar no grupo Whatsapp: clique aqui
Nosso Novo Canal Whatsapp: clique aqui
Para entrar no canal Telegram: clique aqui 
Para seguir pelo Instagram: clique aqui
Para entrar no canal no YouTube: clique aqui
Denúncias, reclamações e informações:
Nossa redação 12 98187-2658

3 Respostas

  1. Todo cachorro que ataca era dócil para a família. Tem que desenhar mesmo pra quem trata cachorro como ser humano.

  2. Não é ser humano, mas é um ser vivo!
    Não pode sofrer maus tratos também.!
    Se não, a violência vai virar o normal!??
    Tem que fazer valer a lei pra esses agressores, sim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Nosso e-mail: contato@informa.life | 12 98187-2658
Life Informa | São José dos Campos – SP
Avenida Cassiano Ricardo, 601 / Sala 123
Edifício The One – Jardim Aquarius
São José dos Campos – SP – CEP 12.246-870