Aumento no furto de hidrômetros vira desafio às autoridades em São José dos Campos

Segundo a Sabesp foram 190 furtos registrados na cidade somente em setembro; polícias Civil e Militar, além da Guarda Civil Municipal empenhadas em combater esta crescente onda de crime 

Aumento no furto de hidrômetros vira desafio às autoridades em São José dos Campos
Aumento no furto de hidrômetros vira desafio às autoridades em São José dos Campos

Paralelo às quedas dos principais índices criminais (veja matérias neste portal) São José dos Campos enfrenta uma crescente onda de furtos de hidrômetros – tanto de residências como estabelecimentos comerciais. Este tipo de crime vem sendo cometido em toda a cidade, mas conforme mensuração da Life os principais pontos ficam em bairros centrais como Vila Maria, Jardim Paulista, Jardim Bela Vista e Monte Castelo.  Também há casos recentes na Vila Adyana (esquina das Ruas Teopompo de Vasconcelos e Santa Clara) e avenidas Paulo Becker e Nove de Julho.

“Já levaram duas vezes da casa da minha mãe. São muitos dependentes químicos que vagam pelas ruas do bairro. Na primeira oportunidade eles roubam mesmo. Entendo que é um grave problema social, mas os vícios de alguns não podem causar prejuízos e transtornos a outros, principalmente àqueles que são cidadãos dignos, que trabalham e pagam impostos – que são muitos. É um problema difícil de resolver”, afirma o designer gráfico e morador do Jardim Paulista, Vinícius Fleger Santos.  “Está acontecendo direto. Parece que o CSI não está pegando este tipo de ocorrência. Os comerciantes estão sendo muito prejudicados. Fora o desperdício de água”, desabafa uma leitora da Vila Adyana que prefere não se identificar.

 O assunto foi discutido entre todas as forças de segurança que agem no município na última reunião do programa “São José Unida” (veja matéria neste portal). Polícias Civil e Militar, além da Guarda Civil Municipal garantiram empenho em combater esta crescente onda de furtos de hidrômetros – popularmente conhecidos como “registros”. Segundo números exclusivos obtidos junto à Sabesp, foram 190 furtos registrados na cidade somente em setembro. Em agosto foram registrados 131 furtos de hidrômetros. Houve aumento no registro de casos, em comparação ao mesmo período do ano passado, com 14 furtos registrados em agosto e apenas 8, em setembro. De acordo com a Sabesp todas as solicitações de reposição foram atendidas, com a instalação de um novo equipamento de medição.

A Sabesp reforçou ainda que medidas simples de proteção dos hidrômetros e cavaletes podem ser adotadas pela população para evitar atos de vandalismo e furto, como a instalação de grade e cadeado no nicho de cavalete ou substituição de cavalete por caixa “UMA” (Unidade de Medição de Água). Vale ressaltar que é essencial que a vítima registre o Boletim de Ocorrência da ação criminosa para que a Sabesp possa fazer a reposição do equipamento sem custo.

Os hidrômetros têm como destino os ferros-velhos. Para acabar com o esquema, a prefeitura tem feito diversas fiscalizações em ferros-velhos. “Temos feitas muitas ações para evitar estes tipos de crime fiscalizando os ferros-velhos, que compram estes produtos. Apresentamos uma lei na Câmara Municipal que vai incentivar uma fiscalização ainda maior para evitar que estes estabelecimentos sejam os compradores destes produtos”, afirma o secretário de Proteção ao Cidadão, Bruno Henrique dos Santos.

A forma com que a lei brasileira trata o crime de furto também é enfatizada pelo secretário. “Temos atuados de forma preventiva para inibir estes crimes com o uso da tecnologia do CSI. Já prendemos muitas pessoas, mas infelizmente temos no país leis que facilitam a prática do furto, porque o indivíduo não fica preso, principalmente pela audiência de custódia, que acaba incentivando a prática do furto. Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Polícia Civil, todos os órgãos de segurança se dedicam a evitar isso, mas precisamos de leis mais rígidas para contribuir com o trabalho das forças de segurança de São José”, avalia Bruno.

Veja também

Operação Ferro-Velho interdita ponto de venda de sucata

 

LIFE | cotidiano - Publicado 23:56 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Receba notícias na palma da sua mão, entre no grupo de Whatsapp: Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

5 thoughts on “Aumento no furto de hidrômetros vira desafio às autoridades em São José dos Campos

  1. scrlkend disse:

    Artigo 180, paragrafo 6° do Código Penal tipifica o crime de receptaçao dolosa privilegiada para aquele que compra bem público furtado.

  2. Joe disse:

    Todo mundo sabe quem é quem pratica esse tipo de delito ! Simples é só trabalha e parar de ficar enchendo o saco do cidadão de bem q vcs pegam oq mais tem é vagabundo usuário e desocupado no centro fica a dica !!

  3. Demétrio Reis da costa disse:

    Morador de rua andando a noite geral neles .

  4. Renato José do Nascimento disse:

    Sobre os roubos de hidrômetros aqui na regiao Jd Jussara e monte e castelo sempre tem casos …….tem que sempre registrar BO……..desses casos como outros casos tbm…torneiras aqui na região agora só tem de plástico e lixeiras de ferro nao tem mais……tem muito andarilho vagando durante a noite…dorme o dia todo……….muito importante fazer Bo e colocar bairro correto para esses casos para ser acompanhado pelas autoridades.

  5. Georges disse:

    A Sabesp reforçou ainda que medidas simples…..tá esperando o quê então Sabesp para fazer acontecer? Que tal uma parceria com quem é usuário dos seus serviços e segue suas orientações para instalação? Novas com o padrão de segurança que precisa e já instaladas um desconto na conta para entrar no padrão. Vale?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.