Atropelador da Bacabal não comparece à audiência e segue foragido!

Morosidade da Justiça e impunidade geram ainda mais revolta aos parentes dos 4 jovens mortos por Mateus de Jesus Souza; relembre a tragédia

Foto: Life

Revolta, dor e muita tristeza em frente ao Fórum de São José dos Campos, situado no Jardim Aquarius. Parentes e amigos dos quatro jovens atropelados e mortos na avenida Bacabal, na madrugada de 8 de setembro de 2017, protestaram contra a impunidade na tarde desta terça-feira (19). O assassino, Mateus de Jesus Souza, segue foragido. Ele não se apresentou para a audiência que ocorreu às 16h30. Mateus, que morava no Jardim das Indústrias com os pais, chegou a ser detido pela Rota na zona leste de São Paulo, mas teve o direito de responder pelo crime em liberdade. Desde então, ele nunca mais foi encontrado.

Imagens de um bar comprovam que o atropelador ingeriu bebidas alcoólicas na noite da tragédia. Perícia demonstrou ainda que a justificativa alegada pelo foragido – existência de neblina na pista – não procede. O caso revoltou todo o país. Imagens mostram o carro dirigido por Matheus – um SsangYong Actyon Sports vermelho – em alta velocidade atropelando as quatro vítimas, que socorriam um motociclista que tinha acabado de colidir com um veículo. O motoqueiro foi uma das vítimas.

A audiência durou cerca de duas horas. Foi ouvido um jovem de 23 anos, morador da avenida Bacabal, próximo de onde ocorreu o atropelamento. As outras testemunhas, tanto de defesa como de acusação, já foram ouvidas em outras audiências. Agora, Ministério Público, assistentes de acusação e defesa têm 10 dias para as considerações finais. Após a manifestação das partes, o juiz irá analisar e definir se atropelamento será considerado culposo (sem intenção de matar) ou doloso (com intenção de matar). Isto deve ocorrer em abril.

Foto: Life

Caso seja considerado como culposo, o caso seguirá para uma vara criminal comum. Se a interpretação for de que houve intenção, o réu irá a júri popular. Ainda não há um prazo definitivo para a decisão. Conforme estimativa feita pelo advogado das famílias dos jovens atropelados, Mateus de Jesus Souza pode levar até dois anos para sentar no banco dos réus, devido aos recursos existentes.

Enquanto o assassino segue foragido, familiares convivem com o sentimento de impunidade. Assim como fizeram na audiência passada, ocorrida em 9 de agosto de 2018, parentes e amigos protestaram em frente ao Fórum com faixas e cartazes.

Foto: (reprodução internet) Mateus de Jesus Souza segue foragido

A tragédia – Tudo começou com um acidente entre um carro e uma moto. O rapaz da motocicleta ficou caído na via. Três jovens que viram o acidente foram ajudar a socorrer o motoqueiro quando a caminhonete atropelou os quatro. O motociclistas e dois pedestres morreram na hora. O terceiro chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu e faleceu. As imagens que viralizaram nas redes sociais, supostamente do Centro de Operações Integradas (COI) de São José, foram utilizadas pela polícia na investigação do crime.

LIFE | cotidiano - Publicado 10:25 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

2 thoughts on “Atropelador da Bacabal não comparece à audiência e segue foragido!

  1. Pessoa Informada disse:

    Redação, não foi um fiat toro

  2. Pessoa Informada disse:

    Redação: o nome correto é Mateus de Jesus Souza e o carro é uma SsangYong Actyon Sports

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.