Ataque de fúria e depredação no Hospital Municipal são esclarecidos pela prefeitura

Mãe de paciente quebrou porta de vidro, atacou funcionários e depois gravou vídeo dizendo que foi agredida na unidade; secretaria de Saúde negou versão da mulher

Hospital Municipal

Um vídeo gravado em pleno Hospital Municipal de São José dos Campos nesta semana viralizou nas redes sociais. Nas imagens uma mulher em ataque de fúria quebra uma porta de vidro e dispara verbalmente contra funcionários. Segundo ela, enfermeiros estariam sem proteção na ala exclusiva destinada a pacientes com Covid-19 e é provado através de vídeos e sua página pessoal no Facebook. Ela alega ter sido agredida por um segurança, veja aqui a transmissão ao vivo realizada por ela. Confira abaixo posição da prefeitura. A Life entrou em contato com a Fabiola Marques e ainda não obteve retorno. Assim que sua versão for dada esta matéria será atualizada.

Nota à Imprensa 

“O Hospital Municipal de São José dos Campos nega que a mãe de um paciente menor tenha sido agredida no local na tarde de terça-feira (16). O depoimento foi gravado por ela e divulgado em redes sociais.

Esta mesma mulher teve um surto repentino, sem motivos aparentes, no último fim de semana.  Visivelmente alterada, ela quebrou uma porta de vidro que dá acesso a uma das enfermarias do local e disparou verbalmente contra os funcionários. Na ocasião, o HM registrou um boletim de ocorrência por depredação de patrimônio público.

A exemplo do que ocorreu anteriormente, nesta terça ela voltou a apresentar distúrbios comportamentais e a atentar contra funcionários. Um deles, inclusive, foi agredido fisicamente.

Diante disso, o Samu e a Guarda Municipal foram chamados e a encaminharam para uma avaliação psiquiátrica na UPA de Saúde Mental, onde foi atendida e liberada no mesmo dia.

Já o filho recebeu alta e está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.

O HM também desmente as afirmações dela de que profissionais que atuam na ala covid estejam trabalhando sem equipamentos de proteção.

O hospital reitera que todas as medidas de segurança foram adotadas para evitar que pacientes de outras alas e acompanhantes fiquem expostos e sob riscos de contaminação pelo novo coronavírus”

LIFE | cotidiano - Publicado 21:51 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Baixe nosso aplicativo para facilitar ainda mais o seu acesso.

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Ataque de fúria e depredação no Hospital Municipal são esclarecidos pela prefeitura

  1. Erica disse:

    Mas ela relatou no vídeo q surtou pq passaram com paciente infectado por covid na ala pediátrica… outra coisa q não falam é q a porta estava quebrada ela só fechou com força onde ocorreu de terminar de quebrar… Tem q investigar o hospital pq está havendo negligência… Pacientes com.covid tem q ser isolados ou ter uma sala especial pra receber os suspeitos e isolar totalmente os confirmados não ficar passeando com eles pelo hospital

  2. Anderson Plinio Nakano Silva disse:

    Tudo deverá ser apurado, através do registro de câmeras de segurança do local, testemunhas (funcionários e pacientes) e trazido esclarecimentos se de fato existe essa proximidade entre as alas pediátrica e tratamento de Covid separados por uma simples cortina, e se os profissionais que ali trabalham estão tendo os recursos EPIs necessários para suas seguranças e dos pacientes.

    Bacana seria o Ministério Público estar realizando essa tarefa e não somente a prefeitura.

  3. Simone Cristina disse:

    Concordo com vc Anderon, tem coisa muito errada.

  4. Jorge Luis Fonseca disse:

    Meu Pai Otávio Assis Fonseca morreu nesse hospital por covid 19 chegou lá para tratar de um probleminha e acabou contraindo essa doença no hospital, as enfermeiras não tem higiene isso minha esposa presenciou, não tem epis corretos, não troca máscara, vai para as aulas de covid e depois para as normais sem assepsia correta, não dão atenção as sistemas dos pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *