Aquarius Life: Com tráfego intenso, rua das Baleias segue caótica e sem solução!

Além do fluxo, estacionamentos irregulares de veículos e caminhões de carga e descarga comprometem mobilidade na via sem saída

Problemática há anos, a rua das Baleias segue sendo um verdadeiro teste de paciência para moradores e motoristas. Além do fluxo intenso, estacionamentos irregulares de veículos e caminhões de carga e descarga comprometem a mobilidade na via, que não possui saída e concentra em seu entorno supermercado, lanchonetes, concessionária de veículos, academia e um edifício comercial.
“A rua virou um inferno. Caos total. Com grande parte do espaço destinado à carga e descarga, muitos motoristas estacionam em local proibido. Para piorar, caminhões do mercado sempre ocupam o final da rua. Moradores já ligaram diversas vezes no 156 reclamando e requisitando agentes de trânsito, que muitas vezes demoram para vir após a chamada. Até agora a prefeitura não fez absolutamente nada. Está complicado morar aqui”, desabafa um morador.
“Cabe salientar que já presenciei uma briga por conta de vaga de estacionamento envolvendo um homem que estava realizando carga e descarga para o mercado e outro que era autônomo e prestava serviços na rua”, completa o entrevistado.

LIFE | aquarius-life - Publicado 16:15 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

One thought on “Aquarius Life: Com tráfego intenso, rua das Baleias segue caótica e sem solução!

  1. Alemão disse:

    O 156 não serve para absolutamente nada! Uma vergonha! Nosso dinheiro indo esgoto abaixo! A prefeitura é omissa, e nas próximas eleições, vamos nos lembrar da omissão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *