Aquarius Life: praça do Torii é revitalizada em parceria com a prefeitura e comunidade japonesa

Um dos principais trabalhos até o momento foi a recuperação do Hokorá, santuário de madeira que foi cercado para evitar que volte a ser alvo de vandalismo.

Foto: PMSJC

A reurbanização está sendo realizada pela Secretaria de Manutenção da Cidade através do programa Minha Praça de Volta, que integra o Plano de Gestão e tem como objetivo cuidar de toda a manutenção das praças para que sejam locais agradáveis e seguros às comunidades. Em parceria com a comunidade japonesa, a prefeitura vai concluir até o próximo dia 22 a revitalização.

Comemoração japonesa

A praça do Torii, uma das mais bonitas e mais simbólicas de São José dos Campos, estará totalmente revitalizada para a solenidade que será realizada no local no próximo dia 23, a partir das 10h, e que marcará na cidade a celebração dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil e dos 10 anos de existência desta área de lazer.

Na ocasião, já estará instalado um totem de 2 metros de altura onde será contada a história da praça.

A área de lazer, que tem cerca de 9.000 metros quadrados e é uma das maiores de São José, foi construída em 2008 também através de uma parceria entre a prefeitura e a comunidade nipônica para comemorar o centenário da chegada da colônia ao país.

A praça recebeu o nome de Riugi Kojima, em homenagem ao engenheiro que morreu naquele mesmo ano, quando exercia o segundo mandato consecutivo de vice-prefeito.

Revitalização

Nesta quarta-feira (6), será concluída a limpeza do lago e executados serviços de jardinagem, paisagismo e plantio de árvores. As equipes também estão realizando reparos no caminho de pedriscos.

As próximas etapas da revitalização compreendem a implantação de 8 torôs (lanternas japonesas), a revisão da iluminação, a pintura da praça e dos postes e a instalação de mais dois bancos.

Um dos principais trabalhos até o momento foi a recuperação do Hokorá, santuário de madeira que foi cercado para evitar que volte a ser alvo de vandalismo.

Foi reativada a iluminação interna do Torii, imponente estrutura de aço que já é um dos símbolos de São José e que possui 56 toneladas, 17 metros de altura e 21 metros de largura. A base do monumento também recebeu reparos.

Moradores querem segurança – Paralelo à revitalização, moradores também pleiteiam reforço nas rondas da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal. “É preciso acabar com as constantes bagunças regadas a sexo, drogas e funk. Estamos deixando o ambiente muito mais agradável. É injusto fazer com que a comunidade japonesa fique nas manhãs de sábados e domingos limpando todo tipo de lixo”, afirma o morador do Aquarius, Mauricio Maurim. Além do consumo de maconha, moradores vêm relatando que jovens estão fumado crack no local.

Veja o hábito da cultura japonesa em São José na praça Torii no Jd. Aquarius. Participe!

Paralelamente à revitalização da Praça do Torii e também como parte da comemoração dos 110 anos da imigração japonesa, a prefeitura está recuperando a praça Kadoma, no Jardim América, na zona sul.
A área de lazer é outro dos principais símbolos da colônia japonesa em São José. A reurbanização está prevista para ser concluída ainda neste mês. O jardim e o lago japoneses do Parque Santos Dumont, na região central, também estão recebendo cuidados. Estão sendo realizados serviços de poda no jardim, que terá uma nova cerca. Já o lago está sendo limpo, a exemplo do que aconteceu em 2017 e no início deste ano.

 

LIFE | aquarius-life - Publicado 09:38 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Baixe nosso aplicativo para facilitar ainda mais o seu acesso.

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

One thought on “Aquarius Life: praça do Torii é revitalizada em parceria com a prefeitura e comunidade japonesa

  1. Amélia Garcia disse:

    Estou feliz com a revitalização da praça, porém triste com a cerca em volta, do Hokorá, tendo mais policiamento, não é necessária, a cerca, que impede, nós simples cidadãos, de tirar fotos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *