Alteração no transporte adaptado confunde pacientes e falha no 1º dia

Transição para agendamento digital, limite de créditos de quilometragem e utilização de veículos comuns alteram funcionamento do serviço em SJC – que possui 450 pessoas cadastradas e 250 na fila de espera; 70% dos pacientes ficam sem serviço no expediente inaugural do novo sistema

Foto: Life – Felício durante apresentação do novo sistema de transporte adaptado

Pessoas com mobilidade reduzida – e seus responsáveis – têm ficado confusos com as alterações no transporte adaptado em São José dos Campos. Uma nova licitação foi feita e a empresa vencedora (Sentran) iniciou diversas mudanças no sistema, que entraram em vigor na terça-feira (15) e deixaram cerca de 70% dos pacientes sem transporte devido às novas regras.

A partir de agora, tanto o cadastro como as chamadas dos veículos serão feitos de forma digital por meio do aplicativo ‘Acesso Já’, lançado oficialmente na manhã desta quarta-feira (16) no Paço Municipal. Além do agendamento digital, os pacientes terão um limite mensal de créditos de quilometragem e contarão também com 200 veículos comuns, além dos 20 adaptados.

“Muitos pacientes não estão no local quando o veículo vai buscá-los. Por isto é necessário o agendamento em tempo real, que terá resposta imediata. Cerca de 60% das pessoas que são transportadas neste serviço não precisam de veículos adaptados. Elas podem ser transportadas em carros comuns”, afirma o secretário de Mobilidade Urbana, Paulo Guimarães.

O novo formato do serviço, segundo Guimarães, proporcionará uma economia direta aos cofres municipais. “A prefeitura só vai pagar a quilometragem efetiva rodada com o paciente e não a quilometragem total, como era antes. É uma ação mais econômica”, destaca, antes de revelar os valores exatos. “Vamos pagar por quilômetro rodado R$ 2,69 no veículo comum e R$ 3,47 no adaptado. No contrato anterior a prefeitura pagava R$ 3,50 a partir do momento em que o carro saía da garagem”, esclarece.

Em reação aos créditos disponibilizados, eles serão mensais, não acumulativos e variarão conforme as necessidades de deslocamento dos pacientes. Apesar de reconhecer as dificuldades geradas pela mudança, o prefeito Felicio Ramuth garante que o transporte vai melhorar consideravelmente.

“O serviço terá muito mais qualidade. Somente agora com a transição que complica um pouco. Estamos ajustando o sistema. Isto vai levar mais 30 dias. Quem estava com agendamento continuará sendo atendido. Vamos atualizando os cadastros e instruindo as pessoas. A comunicação com a prefeitura vai ficar mais ágil”, avalia.

Ninguém perdeu o transporte, diz secretário

“É preciso atualizar o cadastro. 60% das pessoas não foram encontradas nos telefones informados”, afirma Paulo Guimarães ao justificar a falta de transporte durante o primeiro dia do novo sistema

Foto: Life

Os usuários do transporte adaptado precisam impreterivelmente atualizar os dados cadastrais para continuarem tendo acesso ao serviço, informa o secretário de Mobilidade Urbana, Paulo Guimarães. “Ninguém está perdendo o transporte nem o benefício. O sistema de gestão era totalmente arcaico e sem controle. Agora é organizado. Quem não foi atendido ontem (15) ou está com o cadastro desatualizado ou não confirmou o agendamento da viagem”, afirma.

De acordo com Guimarães, os agendamentos de terça-feira (15) foram feitos durante o último final de semana. “Sessenta por cento das pessoas não foram encontradas nos telefones informados. Então é muito importante atualizar o cadastro. Também estamos fazendo uma auditoria no sistema, já que existem muitas pessoas que não têm mais direito ao benefício e ainda continuam usufruindo. Vamos tentar atender 100% das pessoas que precisam. Se não conseguirmos iremos atender por prioridades como critérios social e tipo de utilização. A prioridade é de atendimento por motivo de saúde”, enfatiza.

Comparativo entre o sistema antigo e o novo

Realização de agendamento:

Antes: Agendamento realizado através de 156 ou contato telefônico; Demora de até 15 dias, ou encaixes, para realização do atendimento.

Novo Sistema: Chamado realizado através de aplicativo; Atendimento em minutos, a depender da distância do motorista.

Tipos de Veículos:

Antes: Apenas vans adaptadas; O tempo do trajeto dependia do itinerário da van e de outros usuários que poderiam gerar atraso no tempo previsto.
Novo Sistema: Serão autorizados veículos comuns, para usuários que não sejam cadeirantes ou que possam realizar o transbordo, e veículos adaptados; Os veículos adaptados também podem ter capacidade para atender um usuário por vez, assim tornando atendimento mais rápido.

Motivos de Uso:

Antes:
1. tratamento de saúde e programa de reabilitação;

  1. educação especial;
  2. educação comum;
  3. trabalho;
  4. esporte e lazer.

Novo Sistema: É incluído o motivo “social”, assim permitindo o uso par ir até bancos, repartições públicas e outros lugares que garantam o direito à mobilidade dos indivíduos.

Critérios para prioridade de atendimento:

Antes: Apenas era levado em conta o tempo de cadastro e o laudo social não era devidamente realizado.

Novo Sistema: Fica estabelecido o critério de “grau de vulnerabilidade social”, que leva em consideração tanto a renda como se é usuário de serviços de proteção social à pessoa com deficiência; É garantido o pleno acesso por motivos de tratamentos de saúde.

Gestão de quilometragem e origem/destino:

Antes: O contrato antigo não individualizava a quilometragem e nem previa um registro geográfico da origem e destino.

Novo Sistema: O novo contrato permite o registro individualizado da quilometragem e permite um maior controle da Prefeitura quanto à execução do contrato e a efetiva realização do serviço.

LIFE | cotidiano - Publicado 14:12 | - Redação

Compartilhe a Life Informa:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.