Advogado esclarece caso de assessora grávida demitida da Câmara

Segundo especialista ouvido pela reportagem, ex-funcionária não tem direito a indenização

O caso de uma ex-assessora grávida exonerada pelo vereador Maninho Cem por Cento em dezembro de 2018 ganhou repercussão nesta semana. Muitas pessoas questionaram a conduta do legislativo joseense, que desligou a funcionária Silvana de Souza Calixto com 90 dias de gestação e sem nenhum direito à indenização.

A Life procurou o presidente da Comissão de Direito de Trabalho da OAB de SJC, Fernando Peixoto. Segundo o advogado a demitida teria pleno direito à indenização caso fosse concursada. Mas, como ela era assessora em cargo comissionado não há nenhuma garantia de recebimento por ter sido demitida grávida.

O presidente da Câmara, Robertinho da Padaria, mostrou-se solícito e disse que iria conversar com Silvana para avaliar o que pode ser feito neste caso.

LIFE | cotidiano - Publicado 12:19 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *