Soprador de Folhas: Barulho, poluição e riscos à saúde, afirmam moradores!

Prefeitura rebate críticas e garante que a utilização dos equipamentos é segura para funcionários, meio ambiente e população

Foto: Conecta FG

O assunto parece banal, mas não é. Basta uma rápida pesquisa pelo Google para ver a quantidade de processos e reclamações referentes à utilização dos chamados sopradores de folhas espalhados pelos quatro cantos do Brasil. O barulho excessivo e a emissão de gases provenientes da queima de combustíveis incomodam muita gente, inclusive aqui no Jardim Aquarius. Moradores da rua Armando de Oliveira Cobra e avenida Tubarão querem uma solução para a questão. Reclamações também do bairro Jardim Satélite e Vila Adyana.
“É um horror, muito barulhento. A pessoa que utiliza o soprador fica com um tanque de gasolina nas costas. Além de poluir o meio ambiente, o equipamento ocasiona sérios problemas de postura. O problema existe e não é de hoje, só que agora piorou, já que em razão da pandemia ficamos muito mais tempo em casa convivendo com este barulho ensurdecedor. Uma motosserra gera 120 decibéis. O soprador 110 decibéis! É como se estivéssemos com uma motosserra grudada na cabeça. Sem contar que barulho acima de 60 decibéis pode comprometer a saúde física e emocional. Já entrei na prefeitura solicitando um estudo sobre isso, mas nem resposta obtive”, afirma a moradora.
Prefeitura
Questionada sobre as reclamações, a prefeitura informou que os sopradores são equipamentos práticos e versáteis que proporcionam a execução de um trabalho eficiente e que são usados na varrição de vias e calçadas de forma esporádica, apenas em locais onde há grande acúmulo de folhas e flores das árvores.
Com relação à segurança dos funcionários, a prefeitura relatou que os sopradores foram devidamente projetados para a função, possuem potência adequada, peso reduzido e alta produtividade, permitindo que um único operador execute rapidamente o serviço de vários varredores. A nota comunicou também que o Setor de Segurança e Medicina do Trabalho da Urbam realiza periodicamente as medições sonoras dos seus equipamentos e máquinas operacionais, visando manter os limites de tolerância previstos na legislação vigente, tanto para a população, quanto para os operadores e que os impactos ambientais são desprezíveis.
Quanto à integridade dos funcionários, a Urbam disse que são atendidas todas as recomendações previstas na legislação vigente, visando prevenir acidentes e/ou doenças aos funcionários que utilizam sopradores.

LIFE | cotidiano - Publicado 09:35 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

10 thoughts on “Soprador de Folhas: Barulho, poluição e riscos à saúde, afirmam moradores!

  1. Antonio disse:

    essa é facil resolver, deixa a limpeza a cargo dos moradores!!!!

  2. Sandra Murad disse:

    Concordo com o António.

  3. Jair disse:

    Realmente a reclamação procede, outro dia num sábado as 07h00 da manhã um funvionario limpando a rua com soprador me acordou. Moro no vista verde. Um absurdo usarem isso neste horário atrapalhando nosso sono e descanso.

    • Antonio disse:

      Infelizmente a limpeza precisa ser feita em horarios alternativos, ela é mais eficaz! menos pessoas e carros estacionados na rua! é assim no mundo todo!

  4. Luiz Araújo de Oliveira disse:

    Bom tarde reclamei no 156 tenho protocolo mas a resposta não mim convenceu além do barulho deixam os lixos no canteiro e não rastelam só transfere o problema de lugar nos que varremos todos os dias mas recolhemos o lixo ( Jardim Morumbi) em uma avenida

  5. Paula Tejando disse:

    vixi… se tem até gente reclamando que o ruído está atrapalhando o sono “AS SETE HORAS DA MANHÔ imagina se vão varrer a calçada..
    Quando o orgão público não se encarrega da limpeza, reclamam… se faz, e com louvor, reclamam …

    falta do quê fazer dá nisso…

  6. Antonio disse:

    Infelizmente a limpeza precisa ser feita em horarios alternativos, ela é mais eficaz! menos pessoas e carros estacionados na rua! é assim no mundo todo!

  7. Aílton disse:

    Chama o povão para im mutirão e joga uma vassoura na mao de cada um e pronto, ninguém maus vai rrclamar.

  8. sonia disse:

    Barulhos infernal são o motoqueiros. Isto sim deveria ter fiscalização. Sobrador de folhas, É so o tempo da limpeza. os funcionarios sim deverão ter equipamentos de segurança.

    • renato sales disse:

      Eu sofro com isso todos os dias pela manhã, inclusive sábados, domingos e feriados. Tenho um vizinho que tem e chega embaixo da minha janela às 7:40, 7:50, 8:00 e quando muito tarde, às 08:30 (inclusive domingos). O barulho realmente incomoda. Entendo que se for o pessoal das prefeituras que limpam é válido porque esporadicamente passarão frente as casas. Agora com meu vizinho as vezes duas vezes por dia está insustentável. O barulho é bem alto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *