Sonhos e juventude; palavras inseparáveis que semeiam o futuro!

Dia 13 de abril é comemorado o Dia do Jovem. Faixa etária dos 15 aos 24 anos representa mais de um terço da população mundial – período de intensas decisões, que muitas vezes ficam para a vida toda. Qualificação profissional, abrangência cultural e distância das drogas são as ferramentas para um mundo melhor e mais justo
Quando a sociedade de todo o mundo afirma que os jovens são o futuro, não o diz apenas porque eles certamente serão os adultos de amanhã, nem para fugir da própria responsabilidade ou para transferir aos jovens algo concreto e sério a fim de que eles amadureçam. Por trás desta afirmativa está uma crença muito forte que deposita na juventude o potencial de mudança.
A cabeça dos jovens planeja o futuro. Esta geração é um celeiro de ideias e representa mais de um terço dos sete bilhões de habitantes do planeta. O mundo confia não só na imaginação, mas na capacidade dos jovens! Quando se acredita que os jovens podem mudar o mundo é porque o potencial de realizar vai além do imaginar. A disposição e vigor alimentam a semente dos sonhos e aspirações de um mundo novo.
Ser o futuro é muito mais do que ser o povo de amanhã; é ser o pai e a mãe, o professor e o médico, o engenheiro e o advogado. Ser o futuro é hoje imaginar, sonhar, projetar, mais que isso, empenhar-se em realizar. O planeta projeta na juventude a promessa de uma sociedade melhor. Nela se coloca a expectativa de que as coisas serão diferentes. A esperança nos jovens sempre foi assim.

O mundo espera da juventude o que não conseguiu realizar; espera o que desistiu de tentar; aguarda a coragem que muitos não tiveram. Espera tudo isso porque sabe que a ousadia, coragem, criatividade e liberdade são próprias dos jovens. Mas, para alcançar a tão sonhada mudança, é preciso, primeiro, investir em si próprio. Ninguém aprende nada simplesmente pelo fato de ser adolescente. É preciso mais. É inevitável viver bem o presente para encarar o futuro com autonomia, disciplina e independência.

Para alçar voos longos, é imprescindível uma boa capacitação profissional, hoje em dia bem acessível. Nos irregulares dias atuais – no que se refere à instabilidade econômica e seus inevitáveis reflexos no mercado de trabalho – predominam os profissionais capacitados e bem preparados, imunes às crises e suas consequências. São jovens que tiveram plena percepção do mercado e não titubearam no momento em que notaram as qualificações exigidas pelas empresas: decidiram investir em si mesmo para ingressar com facilidade no disputado mercado de trabalho.
Um fator que vem reforçando a exigência das empresas é o processo de desindustrialização, impulsionado principalmente pelas altas taxas e forte investimento de capital externo. Isso faz com que as indústrias privilegiem a produtividade, funcionários muito bem formados e capacitados. Quem já está na indústria precisa buscar uma nova identidade, se atualizar para oxigenar a carreira. Em outras palavras, é imprescindível ser atrativo para o mercado e o estudo mantém crescente o potencial de empregabilidade.
Na visão das empresas, formação significa produtividade. Muitas vagas de emprego oferecidas não são preenchidas. Muitas empresas têm encontrado dificuldades na hora da seleção. O problema é generalizado e não se restringe a um nicho de mercado. Seja na construção civil, área acadêmica, setores tecnológicos ou grandes linhas de produção de fábricas, o que prevalece é a ausência de gente capacitada, que cumpre todos os requisitos do cargo.
O conhecimento e o aperfeiçoamento são necessários em todas as áreas. Para garantir um lugar no mercado de trabalho deve-se ter a consciência de que ele não se adapta ao número de profissionais. A solução é buscar a especialização de acordo com seus objetivos e metas.

Outro elemento primordial aos jovens é uma forte abrangência cultural. A internet, quando bem utilizada, é uma ferramenta magnífica de aprendizagem. Pela rede mundial, pode-se aprender um novo idioma, conhecer países, suas histórias, ou seja, é um leque de informação que – somada à familiaridade dos adolescentes com o computador – pode gerar resultados fantásticos.
Aliado ao conhecimento e formação, existe a necessidade de um crescimento intelectual com base nos princípios familiares. Basta ligar a televisão para ver notícias terríveis relacionadas às drogas. Como se já não bastassem os terríveis crack e cocaína, dentre outros entorpecentes, a moda do momento é a metanfetamina – droga sintética que vem crescendo nas festas e baladas da região.

No próprio Jardim Aquarius são comuns relatos de leitores que reclamam do consumo de entorpecentes e bebidas, além do som alto nos carros, na Praça Ulisses Guimarães. É preciso coerência e dedicação para se desenvolver e assim auxiliar na composição de um mundo melhor. Com bilhões de jovens agindo da forma correta, o mundo poderá ser transformado. A esperança de que isto aconteça no futuro poderá ser vivida no presente. O que era distante e apenas promessa passará a ser real. Só depende de cada indivíduo fazer a sua parte.

LIFE | cotidiano - Publicado 06:53 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *