De olho na segurança, São José ganha novas câmeras em pontos estratégicos


Parceria entre estado e município prevê monitoramento em rodovias e grandes vias internas com reconhecimento das placas dos veículos

foto: pmsjc

Uma parceria entre a prefeitura de São José dos Campos e o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Agemvale (Agência Metropolitana do Vale do Paraíba), dará início à implantação dos Portais Tecnológicos de Segurança com câmeras de videomonitoramento na cidade, usando a tecnologia OCR (reconhecimento de placas dos veículos). O convênio prevê o repasse de R$ 3 milhões para a criação do cinturão de segurança envolvendo as 39 cidades da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte e deve ser assinado pelo Governo de São Paulo agora em julho.

A nova tecnologia OCR vai possibilitar o monitoramento dos acessos de entrada e saída da cidade em pontos estratégicos que servem de rota de fuga de criminosos. As imagens serão disponibilizadas, em tempo real para o COI (Centro de Operações Integradas). O número de câmeras e locais de instalação em São José foi definido em conjunto com órgãos de segurança pública. Os equipamentos estarão em pontos estratégicos como o Viaduto do Santa Inês (leste), Estrada do Jaguari (norte), Anel Viário (corredor norte-sul), Avenida George Eastman (sul), Estrada Velha Rio–SP (sul), Estrada do Imperador (sul) e na rodovia SP-50 no Alto da Ponte (norte). A instalação das câmeras será feita no segundo semestre deste ano após processo licitatório.

Segundo a Agemvale, a instalação das câmeras em todos os municípios será feita em duas fases. A primeira será a instalação dos equipamentos obedecendo critérios técnicos como índice de criminalidade e outros fatores relevantes como rota de fuga. Embora algumas cidades tenham índice menor de criminalidade, elas podem servir de rota de fuga das ações de criminosos na região, por isso a importância do convênio contemplar toda região metropolitana, informou a Agemvale.

Sistema – A tecnologia OCR instalada em portais ajudará a armazenar todos os dados dos veículos que entram e saem do município e identificar possíveis suspeitos de envolvimento em crime, registrados em sistema.  As câmeras funcionam como uma espécie de scanner, pois são capazes de fotografar, capturar, registrar e reconhecer caracteres dos veículos que passam nos pontos em que estão instaladas, enviando todas as informações ao COI.

O sistema é fomentado por um banco de dados com veículos indicados como suspeitos ou que estejam relacionados à prática de crimes. Ao passar pelas câmeras, imediatamente um alarme é acionado para o monitoramento e abordagem da polícia.

Monitoramento – São José possui 491 câmeras de vigilância e a Prefeitura vai ampliar o número com mais 20 equipamentos que serão instalados em bairros e áreas estratégicas para coibir ações criminosas. O investimento da Prefeitura de São José é de R$ 600 mil e contempla todas as regiões do município.

Com a chegada desses equipamentos, a cidade passará a ter 511 câmeras para o monitoramento. Entre os locais que receberão as câmeras estão as áreas em torno da Fatec (Faculdade de Tecnologia) e Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), na região leste, a avenida Anchieta e no cruzamento das ruas Gisele Martins e José de Campos, no Jardim Morumbi, zona sul. O Parque Alberto Simões, no Jardim Altos de Santana, zona norte, também passará a contar com a vigilância.

 


LIFE | cotidiano - Publicado 15:00 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: Clique aqui Telegram
Acompanhe em nosso grupo de Whatsapp:  Clique aqui WhatsApp
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube:
Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *