Secretário de Saúde de São José dos Campos Danilo Stanzani, deixa o cargo

Margarete da Silva Correia assume a pasta, ela é secretária-adjunta da Secretaria de Saúde da cidade

foto PMSJC

Servidor de carreira da prefeitura, Danilo foi nomeado em 2018 com a missão de dar prosseguimento aos projetos de implantação das UBSs Resolve em toda a rede, ampliar o atendimento de consultas com especialistas e exames e outros projetos.
Em meio à pandemia do novo coronavírus que se alastrou pelo mundo em 2020, coube ao então secretário conduzir a política de enfrentamento à covid-19 em São José, juntamente com o prefeito Felicio Ramuth. Danilo continuará participando do Comitê Municipal de Enfrentamento à pandemia.

A servidora pública municipal, Margarete da Silva Correia, secretária-adjunta da Secretaria de Saúde de São José Campos é a nova titular da pasta.
Assim que assumiu em 2018, Danilo convidou Margarete para ser a secretária-adjunta. Eles lideraram importantes projetos, tais como: enfrentamento da pandemia da covid-19, novo modelo de acolhimento nas unidades de saúde, implantação da telemedicina, agendamento para dispensação de remédios de alto custo, classificação de riscos nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e outras melhorias.
Margarete tem 56 anos e é Arapongas (PR). A nova secretária é graduada em odontologia pela Unesp (Universidade Estadual Paulista- 1988) de São José dos Campos e pós-graduada pela Faculdade de Medicina da Fundação ABC (2008).
Na prefeitura, começou a trabalhar em 1992, atuando no Programa de Saúde Bucal na escola Moacyr Benedito de Souza (Campo dos Alemães). Também fez o gerenciamento da UBS do Morumbi, do Famme, a direção do Departamento de Atenção Secundária e a coordenação do Centro de Controle de Zoonoses.
Agora, ela será a responsável pela gestão da pasta que tem o maior orçamento municipal de cerca de R$ 787 milhões para 2021, considerada uma das prioritárias pela atual administração.

Danilo Stanzani, enviou uma carta pessoal de agradecimento. Veja na íntegra:

Novos projetos, novos desafios na Saúde de São José dos Campos

“Após dois anos e três meses exercendo a função de secretário de saúde de São José dos Campos, solicitei ao amigo prefeito Felício a saída do cargo, para assumir novos desafios na iniciativa privada.
Foram dias intensos e longos, que ao chegar ao final de cada dia, a impressão que tinha era de ter atravessado uma semana.
Recentemente, com a pandemia, essa sensação aumentou. A cada dia uma nova informação, uma nova ameaça de um vírus desconhecido, que muito pouco sabíamos como enfrentá-lo e assustava a todos.
Ao assumir o cargo em novembro de 2018, recebi grandes desafios e achei que seria fácil a implantação de todos eles, porque sei da capacidade dos nossos servidores da rede municipal, pessoas sintonizadas e comprometidas com a saúde de nossa gente, que levam no coração o propósito de “em cada atendimento saúde, acolhimento e bem-estar”.
Esse grupo de aproximadamente 5.000 profissionais servidores, parceiros das organizações sociais e dos filantrópicos e prestadores de serviço trabalharam muito e se desdobraram para ampliar os cuidados ofertados aos joseenses.
Todo esse trabalho e esforço fizeram com que obtivéssemos a mais alta avaliação da saúde de nossa cidade e também a melhor avaliação entre as dez maiores cidades do Estado de São Paulo.
Em todas as áreas crescemos ou criamos novos e maiores serviços. Reformamos a Unidade de Especialidades 2, construímos a Unidade de Especialidades em Saúde Sul, com recursos do contrato de gestão do Hospital de Clínicas Sul, gerando mais empregos e assistência especializada.
Na área de urgência, qualificamos nossas unidades de pronto-atendimento, implantamos os projetos Lean nas emergências, iniciamos no programa telecardio para diagnosticar rapidamente os pacientes infartados para um tratamento mais precoce e o programa Sprint, que por telemedicina, o cardiologista orienta o médico da UPA para auxiliar no tratamento.
Na atenção primária transformamos e entregamos todas as Unidades Básicas de Saúde reformadas no modelo “UBS Resolve”.
Tivemos o início das aulas das Faculdades de Medicina da Universidade Anhembi Morumbi e Humanitas, que rapidamente se tornaram parceiras da Secretaria de Saúde em projetos arrojados e inovadores, tornando as nossas unidades grandes escolas.
O programa Meu Pet Feliz ampliou a atenção e o cuidado aos animas da cidade. Realizamos mais de 7.000 castrações e chipagem, reduzindo os abandonos e evitando que estes sofram de maus tratos.
Muitos outros projetos estavam no forno, prontos para serem implantados quando, em março de 2020, fomos atingidos pela pandemia. Provavelmente o pior período da minha vida, cheio de incertezas e com muita insegurança sobre o futuro. Afastamos os mais frágeis e nos organizamos para que nenhum cidadão ficasse sem tratamento adequado.
Passamos por períodos críticos, com ocupação dos leitos de UTI maiores que 90%, e alcançamos a marca de menor taxa de mortalidade entre as maiores cidades do Estado. Ainda não vencemos a pandemia, mas atravessamos duas ondas com segurança.
Apesar de tudo que fizemos, perdemos muitas vidas, de pessoas que levaram um pouco do coração dos que ficaram e muito da história da nossa gente. Essa sempre foi a pior parte dos boletins que apresentei quase que diariamente.
Começamos a vacinação contra a covid-19 com um planejamento muito difícil de ser colocado em prática pelas incertezas do número de doses e data de entrega que chegarão. No entanto, com toda essa dificuldade, somos uma das mais eficientes na realização da campanha que, em breve, nos trará segurança para voltarmos à vida próxima do normal.
Diante de tudo isso, só tenho a agradecer por tudo isso que passei em pouco mais de dois anos:
– agradecer a Deus por ter me dado saúde e discernimento em períodos tão difíceis;
– agradecer aos profissionais de saúde que me apoiaram desde o primeiro dia da minha gestão;
– agradecer aos diretores e assessores da Secretaria de Saúde e, principalmente, a Dra. Margarete, secretária adjunta, pela confiança, comprometimento, dedicação e amor pela saúde;
– Agradecer às Organizações Sociais em Saúde, parceiras da secretaria e importantíssimas na assistência a nossa população e enfrentamento à covid-19. Destaco o Dr. Carlos Maganha pela coragem, liderança e pró-atividade, permitindo a construção do maior serviço de internação covid de todo o Vale do Paraíba;
– Agradeço aos profissionais de imprensa e comunicação, meus companheiros diários, que tornaram mais leves dias difíceis por levar a minha voz aos nossos cidadãos e criar um ambiente de credibilidade;
– Agradeço aos meus amigos secretários do primeiro e do segundo mandato do prefeito Felício, que diminuíram o fardo da responsabilidade e não pouparam esforços para juntos enfrentarmos os obstáculos;
– Agradeço aos vereadores pela confiança em nosso trabalho e apoio às medidas necessárias para o enfrentamento da pandemia mesmo quando essas eram antipáticas;
– Agradeço aos lideres religiosos de nossa cidade, que sempre me enviaram mensagens de apoio e me incluíram em suas orações, me protegendo e iluminando;
– Agradeço ao grupo de whatsapp “info coronavírus”, foro de muita discussão e fonte de informações do mundo todo, de domingo a domingo, que me manteve atualizado em tudo que era publicado;
– Agradeço imensamente à minha esposa Iara, filhos Pedro e Carol, minha nora Victoria, meu neto Pedrinho que chegará em breve, por todo apoio, carinho, paciência e amor dedicado a mim. Minha mãe de 80 anos de idade, viúva, que superou esse ano de isolamento e sempre me mandando mensagens de carinho.
– Agradeço aos usuários da rede municipal de Saúde e ao Conselho Municipal de Saúde, pelas críticas e sugestões que nos enviam e que nos fazem querer melhorar cada vez mais o atendimento às pessoas que mais precisam.
– E agradeço a você Felício, mais que um líder, foi um grande companheiro. Sempre confiando nas recomendações do comitê, sempre otimista, sempre preocupado com sua cidade e ainda buscando soluções para melhorar a vida das pessoas. Não permitiu que todo o fardo da pandemia ficasse nos meus ombros e o dividiu comigo.
Muito obrigado pela oportunidade, confiança e amizade e desejo que que Deus continue iluminando o prefeito para tornar São José dos Campos cada vez melhor.”

Danilo Stanzani Júnior
Médico da Prefeitura de São José dos Campos

LIFE | cotidiano - Publicado 12:31 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

4 thoughts on “Secretário de Saúde de São José dos Campos Danilo Stanzani, deixa o cargo

  1. Bruno disse:

    Parabéns Danilo, você e o prefeito Felicio fazem a diferença.

  2. Daniel Cabral disse:

    Já foi tarde
    #ficaemcasa a partir de agora e não faça nada vírus circular , lockdown pra vc tb

  3. Lea Freitas disse:

    Vamos ver se a nova secretária irá continuar a mentir sobre os dados da covid, a fingir que está tudo bem, a esconder os números reais da pandemia no município.

    • Antonio disse:

      Passa para as gente os dados reais! São maiores ou menores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *