Secretária Margarete Côrrea explica sobre o recebimento de pessoas de outra cidade em leitos joseenses

São José tem 178 leitos e 91 pessoas internadas neles são de outras cidades, diz secretária

Em entrevista para a Life nova secretária de Saúde, Margarete Corrêa avalia números de leitos disponíveis e comenta sobre a possibilidade de São José receber pacientes de cidades próximas que colapsaram, como Bragança Paulista.
A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para covid nos hospitais públicos e privados da cidade é de 75,4% na UTI e 55,4% na enfermaria. No Hospital Municipal, o percentual é de 59,2% na UTI e 45,9% na enfermaria.
Assista!

Curta o canal da Life no YouTube

LIFE | cotidiano - Publicado 13:46 | - Redação

Compartilhe:

A LIFE INFORMA é um portal de notícias regionalizadas de São José dos Campos -SP.
Quer receber notícias pelo Telegram clique: https://t.me/lifeinform
Denúncias, reclamações e informações: Nossa redação 12 98187-2658
Siga nossas redes sociais: @lifeinforma
Nosso Canal no YouTube: Entre aqui

Apple APP
Android APP

LIFE | ANÚNCIO DE PARCEIRO

Comentários:

13 thoughts on “Secretária Margarete Côrrea explica sobre o recebimento de pessoas de outra cidade em leitos joseenses

  1. Maria Aparecida costa disse:

    Essa life é bom demais, ficamos bem informados.sou da associação dos moradores do jardim Majestic.presidenta

  2. Nair Rosa disse:

    Este era o meu medo,o prefeito fala que está tranquilo por aqui,mas sei que tem gente nos corredores em macas,
    Favor verificar a veracidade ,vcs da imprensa pode,os cidadãos não tem assesso.daquu a pouco,a cidade vai estar lotada de gente no calçadão, shoppings,já que estamos na fazer laranja e outras cidades no vermelho

  3. Gbb disse:

    Eu acho importante o prefeito abrir a Cidade pois assim vamos ter acesso a nova cepa essa vamos conseguir nos igualar a Manaus. Parabéns

  4. Gbbkkh disse:

    Eu acho importante o prefeito abrir a Cidade pois assim vamos ter acesso a nova cepa essa vamos conseguir nos igualar a Manaus. Parabéns

  5. José Vitor de Vilas Boas disse:

    Se os hospitais de São José estão tão bem quanto a fala da secretária, poderiam fazer um vídeo mostrando as enfermarias e as uteis para o joseense ficar mais tranquilo.

  6. TightPanties disse:

    Use Mascara, lavem as mãos , evite muvuca, grupo de risco dentro de casa. Se todos fizessem isso nao estaria nessa situação. Essa é a unica solução. O resto é politicagem…Usem vossa energia pra cobrar os leitos e aplicação da dinheirama pro Covid…cobrem seus deputados (pra quem lembrar em quem votou)

  7. fernando marques martini disse:

    abre o leque para outras cidades, vir para cá, depois se der ruim, ficamos sem vaga para gente mesmo, era infelizmente mais coerente ter ficado no vermelho em 75% de leitos, só acho, agora corre o risco da cepa mais ggrave vir para cá, pois nao se sabe, que pessoas de outras cidades vão vir, em que estagio da doença, e no fim, add SJC ao vermelho devido a outras cidades, ai nao vai dar para separar

  8. Bruno disse:

    Morra quem quiser!!!! Eu não sairei de casa! Empresários safados querem apenas trocar de carro!!!!

    • Antonio disse:

      E a linha de frente? 😂😂😂

  9. sandro disse:

    senhores moderadores , tem gente comentando sem qualqer cautela com o que escreve ! dizer que igualar manaus pra que todos fiquem doentes , é sinal de que passou da hora de controlar quem esta entrando pra disseminar odio, descontrole e mentiras sobre as materias! favor conter esse tipo de coisa!

    • Roberta disse:

      Pois é. O medo cega as pessoas. Impressionante!!!! Isso não vai passar vai ser igual a h1n1 nem se fala mais as pessoas precisam aprender a conviver com isto.

    • BI feminino né FT hj nu FB b Ju u TV disse:

      Lá vem bolsonarista querendo cagar regra

  10. Georges Christian Costaridis disse:

    Só está participando dessa globalização de variantes. Vc fica trancado em casa fazendo de tudo para evitar a contaminação e aí trazem as variantes para nós de bandeja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *